Embratex oficializa acordo com o Brusque FC

Depois de uma parceria de duas temporadas com a Umbro, o Brusque Futebol Clube já tem seu novo fornecedor de material esportivo. A Embratex Sport, empresa de Içara (SC), confirmou em seu site a parceria com o Brusque para a temporada de 2020. Além disso, a empresa já trabalha nas peças que irão vestir o campeão brasileiro da Série D.

A informação foi confirmada pela reportagem da Rádio Cidade na tarde desta quarta-feira (27), após o contato com a própria empresa, e também pela diretoria do clube. E no anúncio feito através do site da fornecedora, já está disponível a logo do Bruscão com duas estrelas, uma de campeão catarinense (1992) e outra de campeão brasileiro da Série D (2019).

Segundo a empresa, o contrato entre Embratex e Brusque tem duração até o final de 2020, e a produção dos materiais de treino já está praticamente finalizada. Já as camisas que serão utilizadas nos jogos da temporada 2020 ainda estão em desenvolvimento, faltando alguns detalhes, como a autorização da CBF para a utilização do escudo de campeão da Série D deste ano.

A informação apurada é que o Brusque deve ter três modelos de camisas para a próxima temporada, porém, por questões contratuais nenhum dele pode ser revelado no momento. A tendência é que o lançamento aconteça em breve, e as primeiras peças estejam prontas para venda antes do Natal.

As peças piloto dos uniformes serão finalizadas ainda nesta semana e passarão por aprovação da diretoria do clube, que auxiliou na construção do modelo base. Com tudo aprovado, a Embratex fará a venda para os lojistas das peças que terão desde os tamanhos infantis (tanto a camisa quanto o kit para as crianças) até o tamanho 5G.

De acordo com André Rezini, diretor de futebol do Brusque, o momento do clube foi de facilitar a logística, buscando um fornecedor mais próximo, que pudesse abastecer com maior velocidade o mercado da região. A tendência é que o valor sugerido para venda da camisa fique entre R$ 99 e 109, dependendo dos lojistas.

Nesse momento, o que ainda atrasa um pouco o lançamento da camisa, segundo André, é a renovação de contrato de alguns patrocinadores. Com essas pendências resolvidas, a camisa será lançada e a parceria oficializada.

A Embratex atualmente fornece o material esportivo de clubes como Criciúma, Boa Esporte, além de já ter fornecido o material de América-RN, Hercílio Luz, Moto Club-MA, entre outras equipes. Além disso, a empresa é responsável pela confecção do material do Paraná Clube, que estampa a marca própria “Valente”.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Prefeitura e Secretaria Nacional do Trabalho firmam convênio para uso de imóvel

Na tarde desta quarta-feira (9), o prefeito de Brusque, Jonas Paegle, e o superintendente regional do trabalho em Santa Catarina, Ricardo Soares de Oliveira, assinaram o Termo de Permissão de Uso 001/2020. O documento permite a utilização de um imóvel de 91,63 metros quadrados, localizado na Praça da Cidadania, pela Agência Regional do Trabalho. O convênio tem duração de cinco anos e possibilitou que a agência permanecesse na...
Continuar lendo...

Governo do Estado garante prorrogação de 10 leitos de UTI para Brusque

O Governo do Estado conseguiu a prorrogação de habilitação para 15 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento de adultos com Covid-19 em duas unidades do Vale do Itajaí. O Hospital Santo Antônio, de Blumenau, foi contemplado com a prorrogação de cinco leitos e o Hospital Azambuja, de Brusque, com 10 leitos. As prorrogações estão previstas nas portarias do Ministério da Saúde nº...
Continuar lendo...

Representatividade feminina cresce no mundo do empreendedorismo

Na quinta-feira (19) foi comemorado o Dia Global do Empreendedorismo Feminino. Neste ano, o cenário econômico para elas foi ainda mais desafiador. Pesquisa divulgada pelo Sebrae mostra que os negócios liderados por mulheres foram mais impactados com a crise do Coronavírus, sendo que 52% dos negócios tocados por elas foram afetados de forma temporária ou definitivamente pela pandemia, contra 47% das empresas gerenciadas por homens. O levantamento...
Continuar lendo...