Área Azul tem dado prejuízo ano após ano, diz CDL

O saldo da receita e despesas com a arrecadação dos valores com o sistema Área Azul tem fechado no vermelho ao longo dos últimos anos. A afirmação é da Câmara de Dirigentes Lojitas (CDL), que gerencia o serviço em Brusque. O prejuízo dos últimos quatro anos foi apresentado à imprensa nesta terça-feira.

Em 2017 houve o registro de maior volume negativo: o saldo das receitas e despesas chego a R$ -60.829,39 mil. Em 2019, apesar de ainda estarmos em novembro, esse número já é de –R$ 53.435,47.

Contas negativas

VALORES DE 2015 A 2019

2015 - RECEITA: R$ 165.710,50    DESPESAS: R$ 175.253,01      SALDO: -R$ 9.542,51

2016: RECEITA: R$ 197.024,90     DESPESAS: R$ 227.315,11      SALDO: -R$ 30.290,21

2017 - RECEITA: R$ 173.370,50    DESPESAS: R$ 234.199,89       SALDO: -R$ 60.829,39

2018 -  RECEITA: R$ 156.151,40   DESPESAS: R$ 204.235,99        SALDO: -R$ 48.084,59

2019 - RECEITAS: R$ 117.472,70  DESPESAS: R$ 170.908,17        SALDO: -R$ 53.435,47

Para onde vai o que sobrar

O novo projeto de lei que autoriza a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Brusque (CDL) a gerenciar o sistema de Área Azul nas ruas de Brusque, readequando o serviço após a polêmica dos últimos dias, vai deixar claro uma dúvida que muitos cidadão tinham em relação à destinação dos recursos arrecadados. Conforme acordado na reunião entre membros da entidade e da Câmara Municipal ontem, segunda-feira (25) e hoje, terça-feira (26), define que o excedente, ou seja o que sobrar do montante utilizado para custeio do sistema, será destinado à manutenção de ações voltadas a eventos, como Fenarreco e decoração de Natal.

Na prática, isso já acontece atualmente, segundo o presidente da CDL, Fabrício Zen. O que faltava era deixar amarrado na própria legislação que trata do assunto.

“A CDL, já tem histórico de envolvimento com a sociedade na decoração natalina, na época de Páscoa, entre outros. Então, na época em que foi realizado esse convênio se pensou dessa forma”, pontua ele.

O QUE MUDA NA READEQUAÇÃO DA ÁREA AZUL

Volta o tempo de tolerância de 15 minutos;

Valor de cobrança após esse período será de R$ 1,00;

Valor da multa por não regularização será de R$ 2,00 até 12 horas após a aplicação e de R$ 5,00 após esse período. Depois de sete dias vira infração de trânsito;

Serão inclusas na Área Azul as ruas Otto Renaux, Avenida Dom Joaquim, Rua Vereador Guilherme Niebuhr e a Praça da Cidadania.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Modelo brusquense vence concurso de beleza na Bolívia

A modelo brusquense, Luana Dematé, participou de um concurso de beleza na Bolívia denominado Reian Universe Continental e foi a grande vencedora. O evento aconteceu de 1º a 5 de dezembro. Na sua conta no Instagram, na noite desta quinta-feira (05) a modelo divulgou o resultado positivo no concurso. Luana garantiu a vaga nesse concurso após vencer a etapa nacional do Musa Beleza Brasil 2019. Luana disse estar muito feliz e ainda emocionada com o título...
Continuar lendo...

Homens invadem apartamento de casal

Um casal na cidade de São João Batista viveu momentos de aflição quando dois criminosos invadiram a residência na manhã de domingo (24). No momento em que os assaltantes invadiram o apartamento, a vítima reagiu por impulso, entrando em luta corporal e desferiu um soco em um dos elementos e gritou por socorro. Diante da reação inesperada da vítima os dois elementos empreenderam fuga.   De acordo com o homem sua esposa...
Continuar lendo...

Mulheres Polivalentes encerram atividades de 2019

O Grupo das Polivalentes, iniciativa da Secretaria de Saúde de Brusque, por meio da Clínica da Mulher, encerrou as atividades de 2019 na última semana, em uma atividade ao ar livre no Parque Leopoldo Moritz. Congregando mulheres diagnosticadas com Câncer de Mama e de Colo Útero, e também, outras patologias. O objetivo é reunir essas pacientes, algumas em tratamento e outras que já superaram a doença, para a troca de...
Continuar lendo...