Pesquisa virtual quer apurar situação das escolas municipais

A Comissão de Educação formada pela Câmara de Vereadores de Brusque se reuniu na tarde desta quinta-feira (21) para decidir a fórmula de execução de uma pesquisa sobre o setor em Brusque. A ideia é levantar de forma online a situação de cada unidade escolar da rede pública municipal, o que vai servir como base para a apuração pessoalmente por parte da comissão.

O vereador Marcos Deichmann, que preside a comissão, disse que uma enquete será montada para que professores, diretores e membros de APPs possam responder virtualmente a um questionários. Tudo será feito de forma a garantir que quem desejar se manifestar sobre problemas possam denunciar sem sofrer retaliações.

“Ele não será definitivo para a conclusão os trabalhos. Tomaremos como base para que quando formos fazer visitas in loco sabermos com esta a situação da escola. Vai ter que ser feito um cadastro, colocar e-mail. Asseguro que ele será sigiloso e não será possível identificar quem está respondendo|”, pontua ele.

O questionário estará disponível em um espaço no site da própria Câmara, que é o www.camarabrusque.sc.gov.br. A enquete entra no ar em 2 de dezembro. A intenção é obter o maior volume de informações sobre problemas para que tudo seja resolvido. Isso em parceria com a Secretaria Municipal da Educação.

“Acreditamos que ao final disso haverá um momento convergente, em que tanto Legislativo quanto o Executivo estejam preocupados com o que se passa na rede municipal de Brusque”, frisa a secretária de Educação, Eliani Aparecida Busnardo Buemo.

Ela acredita que o resultado da enquete vá ajudar, inclusive, no planejamento já elaborado para o setor em 2020. Nele, constam diversas intervenções em relação a obras a serem executadas, como ampliações e reformas de unidades, além de outros serviços.

A reunião desta quinta-feira entre vereadores e a secretária da Educação faz parte de um requerimento apresentado pelo também vereador Gerson Luiz Morelli, o Keka, e aprovado pelo plenário do Legislativo.

Colaborou Camila Costa

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Estudantes com deficiência auditiva vão ter acesso à tecnologia do SUS

Os estudantes com deficiência auditivo, de qualquer nível acadêmico, vão poder usar a tecnologia do Sistema de Frequência Modulada Pessoal, do Sistema Único de Saúde (SUS), para o tratamento de sua dificuldade de auditiva. A decisão do Ministério da Saúde consta da Portaria nº 3, de 19 de fevereiro, publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (20). O prazo máximo para efetivar a oferta ao...
Continuar lendo...

Idoso sofre fraturas ao cair de seis metros de altura

Um homem de 60 anos de idade foi socorrido pelos bombeiros de Brusque e levado ao pronto socorro do hospital após sofrer queda de, aproximadamente, seis metros. O caso foi registrado esta manhã, por volta de 9h, no Bairro Poço Fundo. Segundo informações da equipe de socorro, ele fraturou uma das mãos e apresentava suspeita de fratura na região da bacia.  Apesar dos ferimentos, o idoso estava consciente. Ainda segundo os bombeiros, ele...
Continuar lendo...

Azambuja e CDU realizam palestra sobre infecção urinária e câncer de próstata

Na noite de quarta-feira (27) diversos médicos participaram de uma palestra sobre infecção urinária e câncer de próstata. O evento foi realizado no auditório do Seminário de Azambuja, através do Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux e do Centro de Diagnóstico de Urologia. De acordo com o administrador do hospital, Evandro Roza, a palestra foi uma ampliação do encontro que acontece mensalmente...
Continuar lendo...