Com um a menos, Brusque se supera e vence o Marcílio Dias

O Brusque FC entrou em campo na tarde deste domingo (17) para enfrentar o Marcílio Dias, no Estádio Augusto Bauer, no primeiro jogo da decisão da decisão da Copa Santa Catarina. O time comandado por Jersinho Testoni entrou com a obrigação de fazer o resultado em casa para decidir em Itajaí e com isso teve a volta de vários titulares que desfalcaram o time nos últimos jogos.

O início de jogo foi surpreendente pela postura do Marcílio Dias, que veio para cima do Brusque e tentou decidir já no primeiro confronto. Aos poucos o Brusque foi acordando e equilibrando as ações, mas levou um susto com a postura do time adversário nos minutos iniciais, com jogo de muita marcação até a primeira metade do tempo inicial. O melhor ataque ocorreu aos 40’ após jogada de Airton para Bambam que serviu para Moisés e o Brusque perdeu a oportunidade. 

Pouco tempo depois Ianson fez uma bobeira, perdeu a bola e Neguetti precisou fazer a falta, sendo expulso da partida, para impedir que o atacante fosse à cara do gol. Na cobrança de falta, Maurício cobrou e a bola tocou na barreira.  O primeiro tempo terminou sem gols e o Brusque foi irreconhecível, muito distante do time que fez uma campanha de recuperação arrasadora na competição.

SEGUNDO TEMPO

No intervalo o técnico Jersinho precisou sacar Robert para a entrada de Everton Alemão e recompor a zaga. Lauder entrou no Marcílio Dias para a saída de Luiz Renan. Logo nos minutos iniciais o goleiro Zé Carlos salvou o primeiro gol em lance de Lauder, na sequência o zagueiro Magrão quase marcou. Foi uma sequência de ataques do time visitante que pararam no goleiro Zé Carlos. 

O Brusque aproveitou uma cobrança de falta pela direita, cruzou e Ianson tocou para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, aos 10’, a bola sobrou para Moisés, de cabeça, que colocou o Brusque na frente do marcador. O Marcílio Dias trocou Diego Fumaça por Matheuzinho, tentando reverter o placar. Mas até a metade do segundo tempo o Brusque nem deixava transparecer de que estava com um jogador a menos e esteve perto de marcar o segundo gol.

No Brusque, ainda saiu Moisés para a entrada de Marco Antônio.  No Marcílio Dias saiu Anderson Ligeiro para a entrada de Juliano Levak no ataque e no Brusque ainda entrou Gama para a saída de Ruan. A equipe esportiva da  Rádio Cidade escolheu Rodolfo como o melhor jogador em campo. No finalzinho da partida, aos 47’, Thiago Alagoano aproveitou um rebote do goleiro Vitor Prada e colocou no fundo da meta, fazendo 2 a 0. No entanto, instantes depois o árbitro Ramon marcou uma penalidade sobre Pitty. Aos 50”, David Batista cobrou e diminuiu a vantagem, com a partida terminando 2 a 1 para o Brusque FC. 

FICHA TÉCNICA

BRUSQUE 2 X 1 MARCÍLIO DIAS

BRUSQUE / Zé Carlos; Zé Matheus, Ianson, Neguetti e Airton; Ruan, Rodolfo e Thiago Alagoano; Moisés, Bambam e Robert. Técnico: Jersinho.

MARCÍLIO DIAS / Vítor Prada; Lito, Magrão, Maurício e Gilmar; Daniel Pereira, Diego Fumaça e Guilherme Pitty; Anderson Ligeiro, David Batista e Luiz Renan. Técnico: Paulo Foiani.

ARBITRAGEM / Ramon Abatti Abel, auxiliado por Alex dos Santos e Johnny Barros de Oliveira. 

RENDA / R$ 42.440,00

PÚBLICO / 2.706

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões