Gestão financeira da Educação de Brusque é modelo para o Estado

Excelência na gestão dos recursos financeiros da Educação, dentro do Plano Municipal de Educação, alinhado ao Plano Nacional. Esse é o objetivo da Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria Municipal de Educação. Meta que vem sendo alcançada e que, de acordo com o Tribunal de Contas de Santa Catarina, é modelo a ser seguido pelos demais municípios. 

A declaração foi dada pelo auditor substituto de conselheiro do Tribunal, Gerson dos Santos Sicca, durante reunião realizada na sexta-feira (8), no gabinete do prefeito Jonas Paegle, com a participação do vice-prefeito Ari Vequi, da secretária de Educação, professora Eliani Aparecida Busnardo Buemo, da secretária de Orçamento e Gestão, Edna Beatriz Censi, do diretor geral da Controladoria, Daniel Felício e do contador geral da Prefeitura Cristiano Bittencourt, entre outros servidores municipais.

“É uma prioridade do Tribunal de Contas fiscalizar a educação e principalmente o cumprimento do Plano Municipal em todo o Estado. Esses planos fixam as metas para atendimento na educação infantil, do ensino fundamental e de todas as etapas de ensino. Então, ele é muito importante para a comunidade e podemos considerar que Brusque caminhou na frente e hoje é um modelo, que foi conhecido pela nossa diretoria que fiscaliza as contas. Por isso, viemos hoje conhecer”, declara Sicca. 

De acordo com ele, o Tribunal de Contas tradicionalmente fiscaliza a aplicação dos recursos na Educação analisado as contas do prefeito, para verificar se o investimento mínimo previsto na constituição, de 25% dos impostos, está sendo investido. Se os recursos do Fundo de Manutenção da Educação Básica estão sendo aplicados, se o dinheiro está sendo bem utilizado e as obras públicas bem executadas, conforme o projeto e sem desvio de recurso público. 

“Além disso, temos uma preocupação com o resultado. Porque não basta investir dinheiro na educação. Precisamos garantir a qualidade do serviço”, emenda. 

Conforme a secretária Eliani, o trabalho realizado em Brusque é resultado de uma parceria entre a Secretaria de Orçamento e Gestão, a Contabilidade e a Secretaria de Educação.

“Toda ação que envolve algum recurso financeiro, a partir de um certo tempo, começou a ser feita com vistas as metas do Plano Municipal de Educação. Nós já tínhamos sido convidados para ir a Florianópolis (SC) apresentar o nosso modelo a todos os municípios. Agora, como avançamos no processo, o Tribunal veio ver em que pé nós estamos”, explica. 

“De fato, para nossa satisfação profissional ouvimos do conselheiro o quanto estamos adiantados em relação a outros municípios. Nosso objetivo aqui é continuar melhorando. Deixar esse fluxo bem transparente e anunciado. Que todos os membros do coletivo escolar compreendam as nossas ações e as ações deles referentes ao Plano Municipal. Quando atingirmos isso, por certo não haverá dúvida quanto a qualidade da educação da rede municipal de Brusque”, acrescenta Eliani.

Para ela, o cenário atual é uma novidade na história da educação brasileira, porque historicamente se fez planos para a gaveta. “Hoje não, é um Plano que foi aprovado e tem que ser seguido, porque será cobrado. Daqui por diante é um novo tempo e nós gostamos muito de participar ativamente de todas as ações que visam garantir o acesso, a permanência e o sucesso dos alunos nas nossas escolas”, conclui. 

Busca ativa 

Os representante do Tribunal de Contas devem voltar a Brusque em breve. Desta vez, para conhecer algumas escolas do município a convite da Secretária de Educação. “Para nós é muito importante verificar a ponta do serviço, as experiências no atendimento da educação e conhecer o que está sendo feito aqui em termos de busca ativa - trazer para a escola o aluno que deveria estar matriculado e ainda não está por uma série de razões”, comenta Sicca.

De acordo com ele, o Tribunal de Contas orienta os municípios, em conjunto com o Ministério Público Estadual, para que crie mecanismos para encontrar as crianças fora da escola e trazê-las para o sistema de ensino. ”Criança a partir de quatro anos de idade tem que estar na escola. É educação obrigatória e essencial para o desenvolvimento da criança e da comunidade como um todo”, conclui.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mapeamento do Turismo Religioso no Brasil aponta Brusque entre os cinco destinos mais procurados em SC

O Mapeamento de Turismo Religioso no Brasil, estudo realizado pela Rede de Inteligência de Mercado do Turismo (RIMT), em todo o país, aponta que a cidade de Brusque está entre os cinco principais destinos de turismo religioso mais procurados em Santa Catarina. A divulgação do relatório ocorreu no último mês. Além de Brusque, as cidades de Lages, Nova Trento, Abelardo Luz e Joaçaba também tiveram destaque. "O...
Continuar lendo...

Brusque FC vence amistoso contra o Paraná

Seguindo firme nos propósitos de preparação para 2020 o Brusque FC sediou um jogo amistoso com a equipe sub-20 do Paraná. O jogo aconteceu no Centro de Treinamento do Brusque. Com gols de Ronan, Gustavo e Marco Antônio a equipe brusquense venceu por 3 a 1. O primeiro gol aconteceu no ainda na primeira etapa, cruzamento pela direita e Ronan de cabeça abriu o placar. No início do segundo tempo, com a equipe alterada, quase que na sua totalidade...
Continuar lendo...

Homem é encontrado morto em Gaspar

No começo da tarde deste sábado (4), um corpo foi encontrado as margens do Rio Itajaí- Açu no município de Gaspar. Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência, mas ao chegar ao local constatou que a vítima já estava sem vida. Segundo informações dos socorristas o corpo ainda não foi identificado, mas aparentava ser de um homem de aproximadamente 30 anos, vestia bermuda jeans, camiseta vinho e...
Continuar lendo...