Direção do Dom Joaquim não descarta ampliação de atendimentos via SUS

A experiência do primeiro final de semana com atendimento 24 horas no Hospital de Dom Joaquim aponta que há a possibilidade de expandir essa parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS). Palavras da própria direção o hospital. Conforme já divulgado pela Prefeitura e pela própria direção o hospital, cerca de 300 pessoas procuraram os serviços de sexta-feira (1) até segunda-feira (4) à noite.

A média de espera do pacientes foi de 40 minutos a uma hora. O tempo maior foi para procedimentos que demandaram exames aprofundados ou diagnóstico mais detalhado. O hospital trabalha com demanda de até 400 atendimentos por final de semana.

“Nós temos condições de atender, nesse lapso temporal, 400 pessoas. Óbvio que quanto mais gente for, vai demorar um pouco mais o atendimento. Se acontecer de aumentar e passarmos a atender 500 pessoas, por exemplo, vamos sentar com a Secretaria da Saúde e conversar. A secretaria sempre se colocou aberta para nova negociação e, inclusive, um segundo médico”, frisa a enfermeira Vera Lucia Civinsky, coordenadora do hospital.

Sobre atendimentos a pessoas de outras regiões que não sejam de Brusque, Vera afirma que a situação é bem clara. O contrato com a Secretaria Municipal da Saúde foi feito com recursos próprios da Prefeitura de Brusque. Por conta disso, não estão e não serão atendidas pessoas que residam em outras cidades, como Guabiruba e, principalmente, Botuverá.

“A maioria foi daquela região: Dom Joaquim, Rio Branco, Guarani, Águas Claras, Paquetá. Mas tivemos pessoas do Centro, do Limeira, da Rua São Pedro, parte de Brusque, sendo atendidas lá”, disse a enfermeira.

O padre Valdir Prim, diretor do hospital, disse que acompanhou de perto toda a movimentação durante esse período. O resultado agradou à direção da unidade.

“A finalidade é atender as pessoas enfermas, doentes. Isso possibilitou que eles tivesse, atendimento mais rápido. Foi uma alegria saber que a natureza d hospital está atendendo aquilo que ele foi criado”, frisou.

A direção do hospital esclarece uma situação que não ficou muito clara e que gerou críticas de alguns usuários. Na segunda-feira, haverá atendimento médico das 6h às 9h30 e das 13h3 às 22h.

ASSISTA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA

 


Notice: Undefined variable: return in /home/radiocidade/public_html/home_1/framework/class/Ini.class.php on line 61
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões