“O mérito é todo dos atletas", afirma treinador

 

Ao final da partida em que o Brusque goleou o Tubarão por 4 a 3, o técnico Jersinho, em entrevista à Rádio Cidade, admitiu que o time começou “devagar” e tomou dois gols “muito rápidos”. O motivo: erros de marcação.

Ainda no primeiro tempo veio a preocupação com um jogo qualificado e, segundo o treinador, a virada já poderia ter acontecido na primeira etapa de partida.

Na volta para o segundo tempo, Jersinho classificou a atuação de seu time como “excelente e competitivo”. Destacou que, na parte final de jogo, tirou Thiago Alagoano para poupar o atleta, admitindo que sofreu em alguns momentos da partida.

“Tínhamos um objetivo. Não tomamos decisão sozinhos. Reunimos o grupo e escutamos os atletas também. Optamos por vir buscar essa segunda colocação, que nos dá o direito de decidir em casa. A equipe do Tubarão também jogou com o que eles têm de melhor”, frisou ele.

Para o treinador, a vitória teve significado tão grande quanto os três pontos. Desde 2013 o Brusque não vencia o Tubarão na casa doa adversário.

“O mérito é todo dos atletas. A gente planeja o jogo, mas quem executa são eles dentro de campo. Graças a Deus, o time vem numa crescente nessa parte final da competição”.

As conversas individuais, com cada atleta, têm sido um ponto que motiva o jogador dentro campo, acredita Jersinho. Ele cita o caso de Robert, o qual passou a render mais após uma dessas conversas.

“Lá contra o Barroso, ele foi muito importante. Entrou em uma situação muito complicada e conseguiu fazer o gol. No jogo contra o Joinville também”, pontua.

Colaboraram Dirlei Silva e Camila Costa


Notice: Undefined variable: return in /home/radiocidade/public_html/home_1/framework/class/Ini.class.php on line 61
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões