Segurança foi uma das marcas da 34ª edição da Fenarreco

Desde a abertura até agora, o que não faltou foi alegria no Pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, durante a Fenarreco. Milhares de pessoas garantiram presença na festa mais gostosa do Brasil, que nesta sexta-feira (15) entrou no último fim de semana de programação. E não foi só a alegria que marcou presença nesta edição. Quem passou pelo evento comprovou que a Fenarreco é também a festa de outubro mais segura do país. 

“Pacífica e segura. Assim foi a Fenarreco 2019. Trabalhamos com quatro policiais, que vieram de outras cidades para o evento. Tivemos o registro de algumas ocorrências, principalmente celulares e documentos pessoais perdidos”, afirma o delegado regional de Polícia Civil, Fernando de Faveri.  O comandante da Polícia Militar, tenente-coronel Otávio Manoel Ferreira Filho, concorda. De acordo com ele, a exemplo das edições anteriores o perfil familiar do evento facilita o trabalho da PM.  “As ocorrências registradas foram em sua maioria provocadas pela própria polícia, como ocorrência de consumo de bebida alcoólica por menores, uso de entorpecente em locais mais afastados, suspeita de tráfico de drogas e as barreiras de trânsito, onde poucas infrações estão sendo lavradas. Com relação ao uso de bebida alcoólica e condução de veículo automotor tivemos três ou quatro ocorrências no primeiro fim de semana. O que deixa claro que a Fenarreco não só é a festa mais gostosa do Brasil, como também a mais segura”, detalha.  Segundo o comandante, neste fim de semana a exemplo do anterior, 20 policiais vindos do Sul do Estado chegam para trabalhar na Fenarreco. “Entre 21h e 2h pelo menos 24 policiais atuam no policiamento dentro da festa e no entorno”, acrescenta.

Para o secretário de Trânsito, Renato Bianchi, a tranquilidade também marcou a festa. “Por parte da Guarda Municipal de Trânsito tivemos apenas dois problemas com embriaguês e manobras perigosas na saída do estacionamento. Não tivemos nenhum problema grave ou acidente com vítima na saída da festa. Há bastante procura por táxi e aplicativos. O pessoal está mais consciente”, declara.  Também trabalharam no evento 42 seguranças da empresa Minister. “Para garantir a segurança contamos ainda com 25 câmeras de monitoramento em toda a extensão do pavilhão interno e externo. Toda a movimentação é acompanhada em um monitor. As ocorrências que atendemos são encaminhamos para a Polícia Civil, mas este ano até o momento não houve nenhuma grave. A Fenarreco sempre foi tranquila”, frisa o coordenador de segurança, José Luis Silva.

De acordo com o diretor de Turismo, Sidnei Dematé, a organização da Fenarreco está totalmente satisfeita no que se refere a segurança da festa. “A segurança foi efetiva. Tivemos uma grande parceria com as Polícias Militar e Civil, com a Guarda de Trânsito e com a empresa contratada. Com o apoio deles, os foliões se sentiram seguros na chegada, na ida para casa e durante a festa. Saímos de mais um evento bem tranquilo levando em consideração o quesito segurança do município”, declara.

 

 

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Homem morre em acidente de moto na Primeiro de Maio

A guarnição do Corpo de Bombeiros foi acionada por volta das 20h47 neste domingo (08), para atender uma ocorrência de acidente de trânsito. O fato foi registrado na avenida Primeiro de Maio, próximo ao Beneficente. Segundo informações dos socorristas, o condutor de uma motocicleta bateu em um poste e caiu em uma vala. Welinton dos Santos Rosa (32) não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente. Ele estava sem capacete...
Continuar lendo...

Questionário analisa impactos da pandemia na cultura

O Colegiado de Cultura da Associação do Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi), do qual Brusque faz parte, através da Fundação Cultural, elaborou um questionário para levantar dados do impacto econômico no setor cultural da região. A participação dos empreendedores e agentes culturais é muito importante.  O âmbito cultural, devido a pandemia do novo coronavírus, foi muito...
Continuar lendo...

Motociclista sem capacete, embriagado, sem CNH, tentou fugir, desacatou a PM e foi preso

No sábado (26) por volta das 16h11 uma guarnição da Polícia Militar de Brusque realizava rondas na rua 4 de Agosto, no bairro Planalto, momento em que visualizou o condutor de uma motocicleta Honda/CG transitando em alta velocidade e sem capacete. Ao abordar o condutor, o mesmo empreendeu fuga. Após realizar acompanhamento por várias ruas do bairro, o homem foi abordado, entretanto, resistiu e desacatou os policiais militares. Foi constatado...
Continuar lendo...