Júri condena acusado de matar com martelada e decapitar companheira

O Tribunal do Júri de Ituporanga condenou a 16 anos e quatro meses de prisão, em regime fechado, um homem acusado de matar a companheira a marteladas no Vale do Itajaí. Além do crime de feminicídio, com as qualificadoras de motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima, os jurados também reconheceram a prática do crime de ocultação de cadáver. Isso porque o réu teria decapitado, esquartejado e espalhado os pedaços do corpo da vítima, de 25 anos, por cidades vizinhas.

A sessão de julgamento ocorreu na última sexta-feira (11/10), presidida pelo juiz Márcio Preis. O magistrado negou ao réu o direito de recorrer em liberdade e determinou a imediata execução da pena. Conforme a denúncia do Ministério Público, o feminicídio ocorreu em 20 de janeiro deste ano, na residência do casal, e teria sido motivado por ciúmes. Na véspera do assassinato, a vítima e o réu brigaram numa festa. Eles estavam juntos havia quatro meses.

Uma semana depois do crime, o acusado, de 33 anos, passou a residir com outra mulher e "assumiu um comportamento frio e dissimulado", conforme os autos. Num primeiro momento, ele negou envolvimento nos crimes e relacionamento com a vítima. Mais tarde, após cumprimento do mandado de prisão, confessou detalhadamente os delitos.

Ao fixar a pena, o juiz Márcio Preis anotou que a circunstância de o acusado ter decapitado e esquartejado a vítima merece severa repreensão. "Boa parte do corpo da vítima não foi localizado [...], de forma que não foram possíveis os necessários procedimentos fúnebres, bem como pode impingir maior sofrimento aos familiares da vítima", escreveu o magistrado. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça. O processo tramitou em segredo de justiça.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Assaltante tenta fugir de bicicleta e é pego por populares

Uma homem foi detido por pessoas que estava nas proximidades após assaltar um estabelecimento comercial na cidade de Brusque. O crime foi registrado por volta de 16h de ontem, sexta-feira (25), na Rua Maximiliano Furbringer, no Jardim Maluche. De acordo com a Polícia Militar, o homem entrou na loja e anunciou o crime. Ele levou dinheiro do caixa e fugiu em uma bicicleta. A fuga, no entanto, durou poucos metros, pois o suspeito foi pego e detido a chegada da PM. Os policiais...
Continuar lendo...

Identificado jovem que morreu no acidente da Ivo Silveira

Identificado o nome do jovem que morreu em um acidente de trânsito no final da tarde de ontem, domingo (21), na rodovia Ivo Silveira, bairro Batêas,em Brusque. Trata-se de Thallys Lucas dos Santos (21). Ele era morador do bairro Margem Esquerda, em Gaspar, e faleceu no local da colisão. Lucas trafegava pela rodovia por volta de 17h40, a bordo de uma moto CG Honda 150, quando se chcou com um veículo Ágile, placas de Botuverá, conduzido por uma...
Continuar lendo...

Brusque confirma mais um caso de Coronavírus e chega a 44

A Secretaria de Saúde de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, informa que o município registrou mais um caso positivo de Covid-19. Neste momento, são 44 casos confirmados, 18 pacientes sob investigação e 241 sendo monitorados em residência. Vale lembrar, que entre os casos positivos, 12 pacientes já estão recuperados da doença.  De acordo com a Vigilância em Saúde, a partir de agora não...
Continuar lendo...