Osvaldo Quirino assumirá como diretor Clínico do Azambuja

O médico neurocirurgião Osvaldo Quirino de Souza vai assumir neste mês a função de diretor Clínico do Hospital de Azambuja. A diretoria técnica já é ocupada pelo médico Eugênio José Paiva Maciel. “Eu entrei na cidade há cerca de 30 anos e esse é um cargo honorífico e veio para mim como uma recompensa pelo trabalho que eu havia desenvolvido durante esses anos todos, assim eu me senti muito honrado, muito feliz por ter sido escolhido”, comentou o Dr. Osvaldo.

Ele diz que sempre participou ativamente da vida do hospital e que nestes 30 anos em Brusque, dois terços ele passou dentro do Hospital de Azambuja, “então conheço aquilo como ninguém”, afirmou. Ele disse que esta escolha é para mostrar que seu trabalho não foi em vão, foi reconhecido e após sua posse ele poderá mudar coisas da forma como ele entende que deva ser. Supervisionar e zelar pelo bom funcionamento da instituição, pelo nome que ela tem e pela excelência do atendimento.

O novo diretor clínico do Azambuja disse, se referindo ao tempo de demora registrado no início desta semana, que não adianta às vezes só tomar atitudes em relação a isso, pois há um problema cultural na cidade de busca ao Pronto Socorro. “O Hospital de Azambuja aumentou o número de médicos, a Prefeitura colocou dentro do Hospital de Azambuja um médico que vai fazer o acolhimento, uma equipe que faz uma triagem, mas a briga que dá é muito grande, porque, porque lá no Pronto Socorro criou-se uma cultura de que lá é um ambulatório”, esclareceu.

O médico disse ainda que no Azambuja existe uma resolução dos casos que, por ser Pronto Socorro, tem exames mais rápidos. “Se ela for no Hospital e ela disser que ela tem dor abdominal, que começou ontem e que não passou, evidentemente que o médico que a atender, vai se sentir na obrigação de investigar as causas e isso se torna uma questão muito complexa, porque acaba gerando uma animosidade da população e acaba jogando essa população contra quem está lá atendendo”, pontua o Dr. Osvaldo.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Júri condena acusado de matar com martelada e decapitar companheira

O Tribunal do Júri de Ituporanga condenou a 16 anos e quatro meses de prisão, em regime fechado, um homem acusado de matar a companheira a marteladas no Vale do Itajaí. Além do crime de feminicídio, com as qualificadoras de motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima, os jurados também reconheceram a prática do crime de ocultação de cadáver. Isso porque o réu teria decapitado, esquartejado e...
Continuar lendo...

Brusque terá mês dedicado a ações para idosos

Os vereadores de Brusque aprovaram nesta terça-feira (8) projeto de lei que cria o Mês de Atenção ao Idoso, anotado para julho. A proposta é de autoria de Sebastião Alexandre Isfer de Lima (PSDB). A proposta define que o poder público deve oferecer ações voltadas à promoção do bem estar das pessoas da terceira idade.  Ele sugere a realização de parcerias entre o mesmo poder público e...
Continuar lendo...

Carro colide contra árvore durante a madrugada

Nesta quinta-feira (11), por volta das 4h29 o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender uma ocorrência na avenida Arno Carlos Gracher, Centro de Brusque. No local, foi constatado tratar-se de uma colisão de carro contra árvore, envolvendo o veículo Celta, de cor prata, placas de Brusque. O veículo era conduzido por um homem de 23 anos de idade que se encontrava  fora do veículo, deambulando no local, consciente e orientado, com sinais vitais...
Continuar lendo...