Suspeito de atirar em sargento é morto em confronto com o PPT

A Polícia Militar de Itajaí confirmou no fim da tarde desta terça-feira (8) que foi morto em confronto o suspeito de ter atirado contra um sargento da reserva da PM, Orlando Moreira, 59 anos, em Camboriú, na noite de segunda-feira. Imagens de câmeras de monitoramento mostram que o sargento estava no lado de fora da farmácia quando foi atingido, e correu para dentro.

O suspeito, de 18 anos, foi localizado no Loteamento São Pedro, e teria atirado ao ser abordado pelo Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), que revidou. Segundo a PM, ele tinha 19 passagens pela polícia, a maioria por tráfico de drogas. No local foi apreendido um revólver calibre .38, com 4 munições, duas deflagradas. Segundo o comandante do 12º Batalhão, tenente-coronel Alexandre Coelho, a operação foi considerada muito bem sucedida e o estado de saúde do policial é estável.

Orlando Moreira trabalhava em uma farmácia do bairro Monte Alegre, em Camboriú, quando foi atingido por cinco tiros e levado ao hospital Ruth Cardoso em estado grave. Ele passou por cirurgia, em que foi retirada uma parte do intestino, e está internado na UTI.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões