Atenção redobrada

Pesquisa realizada entre os meses de setembro e dezembro de 2007 pelo Ministério da Saúde, revelou que a maioria das quedas entre crianças de zero á dez anos acontece dentro de casa. As informações foram coletadas em 84 unidades de urgência e emergência do SUS em 37 cidades brasileiras.

O perigo não está somente nas ruas e nas escolas, mas principalmente dentro da própria residência, onde crianças menores passam a maior parte de seu tempo. São quedas simples como leves cortes e lacerações, até traumatismo craniano. A pesquisa informou que a parte mais atingida do corpo é a cabeça, em seguida são os braços e pernas. 

A infância é uma época de aprendizado e descobertas, e por isso os pais devem redobrar os cuidados para que quedas habituais não se tornem casos mais sérios. É importante a supervisão de um adulto e remoção de tapetes, brinquedos e outros objetos que possam levar a criança a tropeçar.
Veja no link outras informações:
http://portal.saude.gov.br/portal/aplicacoes/noticias/noticias_detalhe.cfm?co_seq_noticia=57542

Fonte: Ministério da Saúde

Dúvidas ou Sugestões