CDL Brusque inicia fase de testes do novo sistema digital

Começou nesta quarta-feira, 25 de setembro, em fase de testes, a implantação da nova Área Azul de Brusque com a utilização do aplicativo digital e do novo sistema de monitoramento.

A partir de agora, a população brusquense pode acessar o site https://brusque.s2way.com/ e fazer o seu cadastro para aquisição de créditos, informações sobre o funcionamento e download do aplicativo para smartphone (ios e android). Com a implementação do novo sistema, as tradicionais pranchetas dos monitores darão lugar a novos equipamentos: celular para controle digital das vagas e impressora portátil para venda de bilhetes e impressão de notificações.

“É importante frisar que a área azul é uma ação da CDL Brusque, realizada desde a década de 1990, que visa proporcionar maior comodidade ao consumidor, para que ele possa ter um acesso melhor ao Centro da cidade”, destaca o gestor executivo Claudemir Marcolla.  

Novidades

Nesta primeira etapa - ainda em fase de testes - o serviço permanece em funcionamento de segunda a sexta-feira das 8h30 às 12h e das 14h às 18h, nas ruas que já vinham sendo trabalhadas. Os usuários terão 15 minutos para regularizar a situação de suas vagas. Os monitores estarão prestando apoio à população e realizando o atendimento normal referente à área azul.

Na segunda etapa o serviço de estacionamento rotativo será de segunda a sexta-feira das 9h às 17h45 e também aos sábados das 9h às 12h. Nesta fase, as novas ruas contempladas no decreto nº 8.291 de 14 de dezembro de 2018 também serão adicionadas ao itinerário da Área Azul.

Segundo o coordenador de implantação do sistema, Rafael Rosa, Brusque agora conta com o que há de mais moderno em gestão de estacionamento rotativo. “Não só moderno, mas fácil de utilizar, pois engloba qualquer tipo de usuário, desde os que fazem uso de smartphone aos que não são adeptos de tecnologia. O grande diferencial é a gestão da transparência dos dados e também agilidade no processo de monitoramento”, destaca.

Entre as funcionalidades, o usuário poderá fazer recarga utilizando cartão de crédito pelo aplicativo, ou cartão de débito pelo site, além da compra direta com os monitores. “O principal benefício é a opção de débito automático. Ao fazer uma recarga e cadastrar o carro, não precisa mais fazer ação nenhuma. Ao passar pelo veículo e perceber que o mesmo possui créditos, o monitor vai debitar o valor de uma hora (R$ 1 real). Essa é a forma mais fácil de usar o sistema. Basta fazer o cadastro e ter crédito na conta”, explica o coordenador de implantação.

Valores

O valor para a regularização das vagas continua o mesmo, R$ 1,00 a hora, sendo possível renovar por mais uma hora. Se o consumidor não adquirir o cartão, será notificado pelos monitores e estará sujeito a guincho.

A notificação tem o custo de R$ 2,00 se for paga no mesmo dia, e R$ 5,00 no dia seguinte. A mesma pode ser paga em até cinco dias após o recebimento da notificação, para os monitores e na CDL. Se não houver o pagamento até o 6º dia, a notificação é encaminhada para a Secretaria de Trânsito e Mobilidade (SETRAM), que irá gerar multa.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões