Terreno da Praça Sesquicentenário será repassado para prefeitura

Vereadores de Brusque aprovaram na sessão ordinária de ontem terça-feira (24) em única discussão e votação, o Projeto de Lei Ordinária nº 61/2019, de origem executiva. A matéria revoga a Lei nº 2.835/2005, que autorizou o Poder Executivo a realizar operação urbana consorciada de imóvel público municipal, referente ao local onde hoje se encontra a Praça Sesquicentenário.

Com a revogação, a Fundação Cultural de Brusque, atual detentora da área de 15.306,21 m², fica autorizada a transferi-la para o município de Brusque, por escritura pública de doação. A proposta ainda define que os proveitos econômicos do referido imóvel, sejam resultados financeiros de concessões/permissões ou alienações, deverão ser destinados de maneira integral ao fundo instituído pelo 1º parágrafo do artigo 1 da Lei Complementar nº 174/2011.

A lei de 2011 instituiu o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) do município de Brusque, criando o Instituto Brusquense de Previdência, Ibprev. O fundo especificado na proposição é o Plano Financeiro ao qual ficaram vinculados, na data de publicação, 20 de setembro de 2011, os servidores inativos e seus pensionistas, cujos proventos são de responsabilidade do município.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões