Acidente no Bateas deixa motociclista ferido grave

Por volta das 17h19 desta segunda-feira (23) a guarnição dos Bombeiros deslocou ate a rua Edgar Von Buettner, bairro Bateas, para atendimento de acidente de trânsito. No local, foi constatada uma colisão envolvendo um Ford F-350, placas de Brusque, conduzido por um homem de 55 anos, que não se feriu.

Junto no caminhão estava um homem de 57 anos e uma mulher de 26 anos, que não se feriram. O segundo veículo, uma motocicleta Honda CG Titan, cor vermelha, placa de Brusque, conduzida por um jovem de 21 anos, que se encontrava caído na via, consciente e orientado, sinais vitais estáveis, apresentando ferimento lacerante nos dedos da mão esquerda e suspeita de fratura de fêmur esquerdo.

Realizado procedimentos protocolares, o piloto foi conduzido ao Pronto Socorro do Hospital de Azambuja para cuidados médicos.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Empregados protestam contra empresa por salários atrasados

Um grupo de funcionários da empresa Favo Malhas realizou nesta segunda-feira (27) um protesto por conta de atraso de salários. O manifesto ocorreu em dois momentos: pela manhã, na sede do sindicato laboral (Sintrafite) e à tarde, no pátio da própria empresa, no Bairro Nova Brasília, em Brusque. O protesto reuniu cerca de 50 dos 300 empregados que a Favo possui atualmente. Eles estão com as atividades paralisadas há algumas...
Continuar lendo...

Mulher que matou grávida pra roubar bebê é mentalmente sã e poderá ser julgada

Rozalba Maria Grime, que matou Flavia Godinho Mafra de 24 anos, para roubar a bebê da barriga da vítima em Canelinha, na Grande Florianópolis, realizou exame de sanidade mental. Os exames, realizados pelo Instituto Geral de Perícias (IGP), de Brusque, levaram à conclusão de que a ré "não possui qualquer transtorno psiquiátrico, doença mental, perturbação da saúde mental ou desenvolvimento...
Continuar lendo...

Havan oferece R$ 100 mil de recompensa por informação

A rede de lojas Havan está em busca do responsável que causou o ataque terrorista, queimando a estátua da liberdade na filial da loja em São Carlos (SP). Você tem provas? Sabe quem foi? Entre em contato pelo telefone 0800 765 5571, forneça as informações e se a polícia constatar que é verídico, a Havan pagará o valor de R$ 100 mil. A rede destaca que existe a probabilidade de que existam mais culpados no...
Continuar lendo...