Mulher encontrada decapitada no Gaspar Alto é identificada

Na manhã de domingo (22), foi encontrado o corpo de uma mulher no bairro Gaspar Alto, em Gaspar, sem a cabeça e, nas proximidades do local, foram localizados pedaços do crânio e maxilar. A Polícia Militar de Gaspar foi acionada. Conforme informações de moradores próximos, trilheiros que passavam pelo local avistaram o corpo e acionaram a polícia. A mulher foi identificada como sendo Luciana Avancini de Souza Franco, de 19 anos, moradora de Blumenau.

A informação foi confirmada pelo delegado de Gaspar, Bruno Effori, na manhã desta segunda-feira (23). Laudos do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituto Geral de Perícias (IGP) vão confirmar o real estado em que o corpo foi encontrado. “De maneira informal, podemos afirmar que ele estava lá há aproximadamente cinco dias. Isso devido ao grau de decomposição”, disse o delegado.

A polícia chegou a cogitar que o corpo pertencesse a uma jovem de Gaspar ou de Indaial, que possuem registro de desaparecimento. As famílias chegaram a ser intimadas a fazer o reconhecimento, porém o corpo foi identificado antes, através da digital. Contra Luciana não havia registro de desaparecimento. Ela também não tinha passagem pela polícia. As causas do crime estão sendo investigadas.

 

Com informações do jornal Cruzeiro do Vale

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões