Dia D Ecoponto arrecada mais de uma tonelada de resíduos

Na quarta-feira passada (18) milhares de materiais que necessitam de descarte correto após o término da vida útil tiveram uma destinação consciente. Foram coletados pneus, baterias, pilhas, eletroeletrônicos e lâmpadas. A iniciativa atende a Lei Nacional para Controle de Resíduos Sólidos e auxilia a comunidade no descarte correto de resíduos sólidos entregues por empresas, escolas e entidades. Foram coletados 1.063,30 kg de eletroeletrônicos, 1.092 lâmpadas, 241,30 kg de pilhas e baterias e quatro pneus.

Preocupada com o destino de materiais que não podem ser descartados no lixo comum é que foi realizada a segunda edição de 2019 do Dia D Ecoponto, em um dia inteiro para entrega dos resíduos. Somente lâmpadas foram quase 1,1 mil coletas, três vezes mais que a edição anterior, realizada em maio, além de mais de uma tonelada de lixo eletrônico.

O evento, realizado pelo Núcleo de Gestão Ambiental da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr), ocorreu das 9h às 11h e das 14h às 17h, com uma equipe montada especialmente para receber as coletas. O espaço foi cedido pelo Serviço Social do Comercio (Sesc), entidade parceira e apoiadora do evento. O objetivo da ação foi o recolhimento de pilhas, baterias, eletroeletrônicos, pneus e lâmpadas para terem destinação ecologicamente corretas para não contaminarem o meio ambiente.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

PM registra dois casos de violência doméstica no domingo

Por volta das 8h17 deste domingo (22), a Polícia Militar recebeu um chamado referente a uma ocorrência de violência doméstica. De acordo com a denúncia, uma mulher estaria sendo agredida pelo marido, em uma residência do bairro Azambuja. Uma guarnição foi até o local e encontrou a vítima chorando e com o rosto machucado. A guarnição verificou que o autor estava aparentemente embriagado e, devido aos fatos,...
Continuar lendo...

Cirurgião é condenado por erro médico que matou paciente

A 4ª Câmara Civil do TJ condenou um cirurgião por erro médico que resultou na morte de sua paciente, em hospital do Vale do Itajaí. O profissional terá de pagar indenização por dano moral no valor de R$ 70 mil, mais juros de mora de 1% ao mês e correção monetária pelo INPC, em favor do filho da vítima. Segundo os autos, dias após se submeter a cirurgia para a retirada das glândulas suprarrenais,...
Continuar lendo...

Azambuja suspende atendimento aos beneficiários da Agemed

O Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux, Hospital Azambuja está suspendendo a partir desta quarta-feira (13) os atendimentos aos beneficiários da Agemed Saúde. De acordo com o comunicado da direção do Hospital Azambuja o motivo pelo cancelamento foi o descumprimento contratual não justificado pela Operadora. Ainda de acordo com a direção do hospital os atendimentos prestados, a partir desta quarta, serão feitos...
Continuar lendo...