“Nunca na história de Brusque se derrubou tanta droga”

Na quinta-feira (19), no auditório do 18º Batalhão da Polícia Militar, o comandante, tenente-coronel, Otávio Manoel Ferreira Filho divulgou os números no que se refere ao tráfico de drogas em Brusque de janeiro até o mês de agosto.

Ele explica que o trabalho da polícia tem sido minucioso. E diz acreditar que os números mais altos não indicam um aumento no tráfico e sim o resultado da ação policial. “Nunca na história de Brusque, se derrubou tanta droga, ou tanto ponto de tráfico de entorpecente. A droga é o maior flagelo da sociedade, é o que causa os maiores problemas, e repercute em todos os demais crimes”, afirmou.

O comandante enfatizou a parceria da sociedade através de denúncias. “Pedimos a ajuda da sociedade, que as pessoas façam denúncias, seja através do 190, ou outros meios, mas é importante essa denúncia, muitas vezes o cidadão pensa que não deu em nada, mas a polícia vai agir a partir disso, pode ter certeza”, concluiu ele.

Confira os números.

Prisões por tráfico:

2018 - 53

2019 (janeiro a agosto) 59

Outras ocorrências de posse/porte de drogas

2018 – 316

2019 (janeiro a agosto) – 244

Tipo de droga

Maconha (kg)

2018 – 5,511

2019 (janeiro a agosto) – 177, 88

Crack (pedra)

2018 – 320

2019 (janeiro a agosto) – 700

Cocaína

2018 – 2,32

2019 (janeiro a agosto) – 4,91

Ecstasy

2018 - 492

2019 (janeiro a agosto) – 116

MD (Kg)

2018 – 0

2019 (janeiro a agosto) – 0,012

Lolo

2018 – 1

2019 (janeiro a agosto) - 0

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões