Renaux estréia hoje no Catarinense da série C comemorando 106 anos

O Clube Atlético Carlos Renaux “O vovô do futebol catarinense” estreia hoje no Catarinense Série C. O Jogo é diante do Orleans com inicio marcado para às 16h. Além do Renaux mais 3 equipes formam o grupo A da série C do Catarinense, Curitibanos, Itajaí além do Orleans.

O jogo deste sábado (14) serve para celebrar o aniversário daquele que é o clube de futebol mais antigo de Santa Catarina, o Clube Atlético Carlos Renaux, de Brusque. Fundado em 14 de setembro de 1913, como grifa seu imponente escudo, surgiu com o nome de Sport Club Brusquense. Por ser o primeiro clube a praticar futebol oficialmente o CA Carlos Renaux ficou carinhosamente conhecido como “Vovô do Futebol Catarinense” ao longo das jornadas de glória.

Para satisfação da Federação Catarinense de Futebol e para alegria do torcedor amante do futebol catarinense, o “Vovô” celebra a passagem do aniversário de 106 anos de fundação em plena atividade. Bicampeão catarinense com títulos conquistados em 1950 e 1953, desde o dia 1º setembro o CA Carlos Renaux disputa o Campeonato Catarinense SICOOB Série C 2018. A competição tem por essência  atender as ações de reativação de clubes para o cenário do futebol profissional e a edição de 2018 é ainda mais importante neste aspecto, com o ressurgimento do tradicional Clube Atlético Carlos Renaux.

O jogo deste sábado (14), terá transmissão da rádio Cidade através de áudio e vídeo pelo site rc.am.br e YouTube e Facebook,, também através de áudio no AM 850.

O Clube Atlético Carlos Renaux 
A partir de 1944, por decreto de lei federal, clubes e associações esportivas não poderiam possuir denominações relacionadas a países, estados, municípios e regiões em decorrência da Segunda Guerra Mundial. Em 19 de março de 1944, o Sport Club Brusquense passou a ser denominado Clube Atlético Carlos Renaux, em homenagem ao empresário do ramo têxtil, Carlos Cid Renaux.

Constituído na cidade de Brusque, berço do desporto catarinense, o  CA Carlos Renaux foi impulsionado pelo sucesso da indústria têxtil, manda seus jogos no Estádio Augusto Bauer, de sua propriedade,  onde atingiu o ápice nas duas oportunidades em que ergueu a taça de campeão catarinense de futebol em 1950 e 1953.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões