Manifestação de ciclistas pede segurança no trânsito

Uma manifestação que contou com cerca de 250 ciclistas, na noite desta sexta-feira (13) serviu para protestar pela morte Diego Visinheski, 17, ocorrida na última quarta-feira (11) na avenida Primeiro de Maio. O movimento foi organizado por amigos e familiares do jovem e elo Fórum da Bicicleta. A mãe de Diego, Keila Raquel das Dores, que emocionada participou da concentração na Praça Sesquicentenário, em frente a Prefeitura.

Com apoio da Polícia Militar e da GTB (Guarda de Trânsito de Brusque) os manifestantes seguiram pelas ruas centrais de Brusque em direção à avenida Primeiro de Maio, onde a maior reivindicação é para a recolocação dos tachões, que separam a via e a ciclofaixa. “Meu filho estava voltando para casa, faltava só dez minutinhos para ele chegar em casa. Eu estava esperando, mandei mensagens, mas ele não me atendeu porque já tinha acontecido o acidente”, contou com lágrima nos olhos. 

Edson Hoffmann, do Fórum da Bicicleta, disse que se reuniram hoje para relembrar a morte trágica de Diego, uma morte anunciada e que a velocidade aumentou muito com a retirada dos obstáculos. Ele disse que os tachões era o único obstáculo que separava os veículos das bicicletas. Ele disse que o objetivo da manifestação era transformar o trânsito com mobilidade humana. 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões