Kankinha descumpre medida cautelar e é preso

Everton Cunha (25), popular “Kankinha” que havia sido condenado a pena de 9 anos e 6 meses de prisão em júri popular realizado em Brusque foi preso na quarta-feira (11) e encaminhado a Unidade Prisional Avançada (UPA). A determinação da prisão de Kankinha foi solicitada pela promotora de Justiça da Comarca de Brusque, Susana Perin Carnaúba.

O motivo da prisão é que Everton Cunha descumpriu medidas cautelares que lhe foram determinadas pela Justiça para que pudesse responder ao processo em liberdade. A promotora junto com sua solicitação endossou ao pedido fotos em que mostram Everton Cunha numa cervejaria sentado na companhia de outra pessoa, o que por lei, ele não poderia estar naquele local.

Everton Cunha, teve conhecimento do mandado através de seu advogado que orientou que ele se apresentasse na Delegacia de Polícia para que o mandado fosse cumprido. Kankinha responde pelos crimes de homicídio simples, dolo eventual, e lesão corporal. No dia do julgamento a Justiça lhe concedeu o direito de recorrer em liberdade, mantendo-se, todavia, as medidas cautelares impostas quando da concessão da liberdade provisória, medidas estas que ele descumpriu. 

 

 

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões