Denúncias atacam venda de cucas em escolas

Denúncias de que escolas municipais estariam comercializando produtos alimentícios, que é proibido, causaram indignação ao vereador Marcos Deichmann (Patriotas) na sessão da última terça-feira (10). Para ele, quem faz esse tipo de ação prejudica os próprios estudantes, pois os recursos são adquiridos, em sua maioria, através de ações das APPs (Associações de Pais e professores).

Deichmann apresentou números de um levantamento feito por ele nas três unidades em que preside justamente as APPs. Uma delas é a Escola de Ensino Fundamental Paquetá. Os números dizem respeito à arrecadação feita entre o anos de 2017 e 2019, que totalizam mais de R$ 100 mil.

Em 2017, foram R$ 50 mil de arrecadação, sendo investidos cerca R$ 37 mil. Assim, sobraram R$ 13 mil para o ano seguinte.

Já em 2018, foram R$ 47 mil, aproximadamente, arrecadados, com cerca de R$ 57 mil em gastos.

Até setembro deste ano, a arrecadação foi de R$ 19 mil e gastou-se em torno de R$ 21 mil.

Ele disse que as vezes as escola não conseguem ser atendidas pelo setor de educação e o trabalhos das APPs auxiliam em serviços básicos.

“Quebra vaso sanitário, carteira, queima lambada. Isso tudo a APP tem como investir e imediatamente ter esse recurso em caixa”, disse na tribuna.

Uma das denúncias feitas, segundo ele, é quanto à venda de cucas. A arrecadação com a venda deste item ocorre naquela unidade escolar 2013 e auxilia muito no caixa da APP. O valor representa cerca de 50% da arrecadação.

“Se não fizermos isso, se não temos a APP para poder ajudar, vai acabar sucateando mais ainda e, aí, como ficam nossa crianças?”, questionou, lembrando que a cuca não é servida para as crianças e, sim, vendida para o público externo.

Jean Pirola (PP) disse que, muitas vezes, a própria APP realiza serviços de manutenção nas escolas, como roçadas, pinturas entre outros serviços.

“Essas denúncias os denigrem a imagem da escola na comunidade e infelizmente quem paga o pato soa os alunos”, disse.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Zoobotânico no Dia das Crianças recebe mais de 4 mil pessoas

Um público de aproximadamente 4 mil pessoas passou pelo Zoobotânico de Brusque no sábado (12) para conferir a primeira edição da festa em comemoração ao Dia das Crianças.  A programação, totalmente gratuita, contou com várias opções de atividades, como: oficinas de malabarismo e enriquecimento ambiental, brincadeiras de educação ambiental, tirolesa, pula-pula, piscina de bolinhas,...
Continuar lendo...

Desvios da Celesc podem chegar a R$10 milhões

Na manhã desta quinta-feira (05) a Polícia Civil realizou a Operação Zero Grau em seis municípios de Santa Catarina, Pescaria Brava, Florianópolis, São José, Blumenau, Itajaí e Orleans, bem como também na capital paranaense, Curitiba. A determinação da operação foi cumprir 21 mandados de busca e apreensão, 49 mandados de sequestro de veículos, celulares e dinheiro. De acordo com a PC existe a suspeita de que os desvios de recursos das Centrais Elétricas de Santa Catarina...
Continuar lendo...

Confira a lista dos ganhadores da Promoção "Comprar Aqui Dá Sorte"

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque (CDL Brusque) realizou na tarde desta segunda-feira, 23 de dezembro, o sorteio da Promoção “Comprar Aqui dá Sorte” 2019. O público acompanhou de perto a revelação dos nomes de clientes de Brusque e Botuverá, que foram premiados com vale-compras que totalizam R$ 50 mil. O sorteio foi realizado às 18h na Praça Barão de Schneeburg. A premiação ficou...
Continuar lendo...