Brusque estreia empatando com o Tubarão em casa

O Brusque FC estreou na Copa Santa Catarina na tarde deste domingo (8), no Estádio Augusto Bauer, contra o Tubarão, com duas estreias. Uma no comando técnico, com Evandro Guimarães e a outra na posição de meia-atacante, com Hamilton. No mais, o mesmo time que disputou o Brasileiro da Série D, sem Romário que não pode ser escalado por conta de seu vínculo. No final, empate em 2 a 2 mostrou dois tempos distintos, mas ficou a sensação de que o Bruscão poderia ter vencido.

O início da primeira etapa foi um balde de água fria no Brusque que em apenas 20 minutos de jogo levou dois gols do adversário e mostrou a deficiência do time. Aos 7’ o Brusque até criou uma boa oportunidade, mas não converteu. Aos 11’ Davi Lopes aproveitou um rebote e chutou para o gol de Zé Carlos, abrindo o marcador para o Tubarão.

O time comandado por Evandro Guimarães tentava reagir, mas sentiu a falta de um maestro no meio campo. Aproveitando a instabilidade do Brusque,  o time de Pingo retomou uma bola através de Eliomar que arrancou e na entrada da área serviu Leilson, que marcou o segundo gol do Tubarão. 

Assustado com o resultado o Brusque partiu para o ataque e criou algumas chances de gol, através de Vinícius e Jefferson Renan, mas aos 33’ o time brusquense perdeu uma grande oportunidade de diminuir a vantagem do time do Sul. Aos 42’ o Brusque teve outra grande oportunidade através de Jefferson Renan que sofreu ficou pedindo penalidade máxima, mas a arbitragem não marcou. 

Antes mesmo do final da primeira etapa o torcedor brusquense já protestava e reclamava do comportamento do time. O primeiro tempo foi um banho tático do técnico Pingo que deixou o torcedor brusquense preocupado com o comportamento do time para a segunda etapa que terminou com o placar de 2 a 0 para o Tubarão. 

No intervalo do jogo o Brusque alterou o time e sacou Vinícius, entrando Robert.   O primeiro lance perigoso veio aos 9’ com Gama, após cobrança de falta sobre Robert, teve a chance de reduzir a vantagem, mas desperdiçou. O Tubarão mexeu e colocou Diordi no lugar de Rayan. Aos 20’ o Brusque teve falta na linha de frente da grande área, mas na cobrança o goleiro Belliato fez a defesa tranquila. O Brusque realizou a segunda alteração, saindo Thiago Henrique para a entrada de Allan Machado. 

Aos 30’ o Brusque fez valer o melhor futebol apresentado na segunda etapa e após cobrança de escanteio pela esquerda, Ianson apareceu no primeiro poste e cabeceou para o fundo da rede, reduzindo a vantagem do Tubarão, Brusque 1 a 2. Apesar do gol ter surgido em bola parada, o Brusque já fazia por merecer o empate. Aos 35’, em cobrança de falta na entrada da área pela esquerda, Zé Mateus cobrou no canto direito de Belliato e empatou a partida para o Brusque, 2 a 2.

No Tubarão saiu Níkolas Farias para a entrada de Silva. No lance seguinte, o jogador Parrudo, que já tinha cartão amarelo, foi expulso após nova falta.

O bom momento do Brusque, após o empate, acordou a torcida do Brusque que cantou e empurrou o time para cima do adversário. Aos 42’ em cobrança de falta na entrada da área pela direita, o Brusque quase virou o placar, assustando o sistema defensivo do Tubarão. Na votação para a escolha do melhor jogador em campo, Robert, que entrou no segundo tempo, foi o escolhido. 

O jogo terminou com empate em 2 a 2 e os jogadores reconheceram as dificuldades enfrentadas na estreia, mas tiveram a força de reação e empatar a partida. O próximo compromisso do Brusque será na quarta-feira (11) às 19h10 contra o Joinville, na casa do adversário, a Arena Joinville.  

O técnico Evandro Guimarães lembrou que assumiu o time no meio da semana e que teve pouco tempo para trabalhar e o time vinha da ressaca da conquista do título nacional. Ele avaliou que o time se comportou bem, após sofrer dois gols, reagindo. "Nosso time mostrou poder de reação", lembrou, mantendo-se organizada e poderia ter feito quatro gols na segunda etapa. 

Ficha Técnica

Brusque 2 x 2 Tubarão

Brusque / Zé Carlos; Zé Matheus, Ianson, Cleiton e Airton; Ruan, Thiago Henrique (Allan Machado) e Gama; Vinícius (Robert), Hamilton e Jefferson Renan. Técnico: Evandro Guimarães.

Tubarão / Júnior Belliato; Paulinho, Carlos Alexandre, Marcelo Xavier e Níkolas Farias; Davi Lopes, Leilson e Eliomar: Parrudo, Alison e Rayan. Técnico: Pingo.

Arbitragem / Charly Wendy Straub, auxiliada por Diogo Berndt e Carlos Alberto do Aragão Júnior

Público: 1.320 pagantes

Renda: R$ 18.945,00

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Exposição para conscientização

A 17ª Delegacia Regional de Polícia de Brusque (DRP) durante a Semana Nacional de Trânsito, de 18 a 25 de setembro realizará uma exposição de alguns veículos envolvidos em graves acidentes na suas dependências. A ação visa conscientizar os futuros condutores sobre a importância do respeito às regras de trânsito, garantindo a segurança de todos. Conforme a DRP, até o momento ocorreram 14...
Continuar lendo...

Guarani Futsal / FME Brusque disputa a final da sétima Copa Fube

No próximo domingo (15), os atletas da categoria Sub-11 do Clube Esportivo Guarani/FME disputam a grande final da Copa Fube. O time garantiu presença na decisão após superar a equipe ABUT/Monte Alegre, de Camboriú, por 8 a 2. O grande destaque foi o atleta Nathan Stange, que desequilibrou a partida e marcou quatro gols. Agora, o time brusquense encara o Avaí, que na outra semifinal venceu a Apama, de Blumenau, por 2 a 1. No duelo diante do...
Continuar lendo...

Pressão política é o caminho para barragem de Botuverá, diz secretário

A obra da barragem de Botuverá vai depender, agora, de muito lobby e força política para sair do papel e iniciar de fato. Palavras do próprio secretário de estado de Defesa Civil, João Batista Cordeiro Junior. Ele participou da reunião da Associação Empresarial de Brusque (ACIBR) na noite desta segunda-feira (9). De acordo com o secretário, todo o processo que envolvia as questões ambientais já está...
Continuar lendo...