Policiais Militares passam a usar câmeras individuais

Na tarde desta quarta-feira(28) aconteceu no 18º Batalhão da Polícia Militar de Brusque a apresentação de mais um elemento que contribuirá na segurança da comunidade. Trata-se da Câmera Policial Individual um dispositivo que produzirá imagens durante as ocorrências policiais.

O Major, Heintje Heerdt, informou que o mecanismo é pioneiro no país. “Já foram feitos alguns testes em outros estados, mas da maneira que estamos fazendo, que é colocar toda a guarnição com uma câmera, é apenas em Santa Catarina que está sendo feito desta maneira”, frisou ele.

O Major trouxe detalhes em relação ao uso do equipamento. Ele explica que a câmera gravará toda a ocorrência policial. “Serão produzidas através de imagens provas para o poder judiciário para instruir o processo, acontece muito falsas alegações, e com as imagens o juiz com alguns cliques já vai saber a verdade dos fatos. Importante lembrar que durante a abordagem o policial deverá avisar que está realizando a filmagem”, contou ele.

Heintje salienta que o policial não terá acesso as imagens. Tudo será armazenado em um sistema. “Como serão provas, elas devem ser bem guardadas, para que se evite perda ou vazamento. A sessão responsável que terá acesso a esse sistema, para que não haja compartilhamento de algum imagem sensível, pois a gama de ocorrências são variadas, então é preciso ter o cuidado, a intenção não é expor ninguém”, frisou ele.

O material foi recebido dia 21 de agosto, foram feitos treinamentos e nesta quarta-feira (28) já iniciou a utilização do equipamentos nas ocorrências. São 20 câmeras para Brusque, quatro para Guabiruba, Botuverá, Ilhota e dez para Gaspar.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões