Praças municipais são o foco da audiência pública que a Câmara de Vereadores realiza dia 21 de agosto

A Câmara de Vereadores de Brusque realiza audiência pública na próxima quarta-feira, 21 de agosto, às 17h, no plenário da casa legislativa, para debater junto à comunidade a situação das praças municipais no que diz respeito a problemas como barulho em horários impróprios, limpeza, manutenção de equipamentos, iluminação, ocupação por moradores de rua, entre outros.
Proposto pelo vereador André Rezini (CIDA), no Requerimento 48/2019, o evento tem o objetivo de ouvir a população sobre as questões em pauta e levantar alternativas com vistas à melhoria dos espaços públicos.
Estão convidadas a participar a Prefeitura de Brusque, a Guarda de Trânsito, o Instituto Brusquense de Planejamento (Ibplan) e as secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação do município. Além dos órgãos públicos municipais, também foram chamadas entidades como União Brusquense das Associações de Moradores (UBAM), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) - Seccional de Brusque, Polícia Militar, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Empresarial de Brusque (ACIBr), Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr), Fórum Sindical de Trabalhadores, Grupo de Proteção da Infância e Adolescência (Grupia), Unifebe, Uniasselvi e Faculdades São Luiz, bem como as promotorias locais de Meio Ambiente e Infância e Juventude do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Saúde poderá ser regionalizada a partir do ano que vem

O governo federal pretende, a partir do ano que vem, dar início ao processo de regionalização da saúde. Com isso, os repasses de recursos do Ministério da Saúde passariam a ser não mais aos municípios, mas em grupos deles. De acordo com o ministro da pasta, Luis Henrique Mandetta, a ideia é criar os chamados distritos sanitários. Trata-se de uma reorganização para que cada setor deste seja composto por...
Continuar lendo...

Homem com 50% do corpo queimado em incêndio na cela de DP será indenizado

Um homem que teve mais de 50% do corpo queimado após a cela onde estava pegar fogo, em Brusque, será indenizado pelo Estado em R$ 30 mil por danos morais e estéticos. O fato ocorreu em janeiro de 2011, quando o autor foi detido na delegacia de polícia civil em decorrência de desentendimentos com seus familiares. Horas depois, o local começou a pegar fogo, que se alastrou rapidamente pelo colchão e causou graves queimaduras no corpo do detido. O...
Continuar lendo...

Fenafesteiros já consumiram mais de cinco mil pratos típicos e mais de 50 mil copos de chope

Nos primeiros quatro dias de Fenarreco, o restaurante oficial da festa serviu 5.301 refeições, sendo 2974 buffets e meio buffets; 1.033 marrecos recheados e outros 1.294 pratos típicos e sobremesas. Além disso, turistas e visitantes beberam 51.664 copos de chope. Bebidas não alcoólicas foram 13.644, e foram consumidos ainda 478 drinks. A campanha Ganha Ganha distribuiu, até domingo, 1.306 copos de 330ml de chope. Ou seja foram recolhidos...
Continuar lendo...