Barateiro Futsal/FME aposta na base e já colhe frutos com atletas locais

Desde 2017, a equipe do Barateiro Futsal/FME, multicampeã de todos os torneios que participou, passa por uma nova filosofia de gestão. A equipe de rendimento, campeã de tudo, acabou não tendo continuidade após 10 anos, a grande maioria deles no auge. Hoje, reformulado, o clube foca na base, novamente buscando o protagonismo no cenário adulto, mas já começa a colher grandes resultados nas categorias de iniciação.

O último grande feito do clube foi a conquista dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, competição em que o time brusquense representou a cidade em Rio do Sul. “Começamos 2019 querendo buscar alguma coisa. E este ano entramos mais fortes”, comenta Daniela Civinski, presidente do clube. Ela relata que o título dos Joguinhos era um dos objetivos da equipe, que ainda sonha alto nessa temporada. “Nossa meta também é ficar pelo menos entre os três nos Jogos Abertos, temos um grupo reduzido, e sabemos que hoje existem potências na modalidade, mas estamos confiantes”, afirma, ao ressaltar o trabalho feito com a equipe Sub-20, que já é semifinalista do campeonato estadual.

Recentemente, além do título dos Joguinhos, a equipe do Barateiro já teve outras campanhas de destaque, como o terceiro lugar nos Jogos Universitários, ocasião em que o clube representou a Unifebe. “Foi uma competição adulta, então para nós foi um resultado muito interessante, já que nossas atletas são da categoria Sub-20", comenta a supervisora do clube, Caroline Bezerra.

Segundo Dani e Bezerra, o foco do clube é, já no ano que vem, buscar o retorno ao futsal adulto. “A gente vem buscando parcerias. Sabemos que a comunidade de Brusque gosta de futsal feminino e temos intenção de voltar a atrair um grande público para a Arena”,diz a última. “Estamos atrás de recursos e patrocínios. Temos projeto da Lei de Incentivo que estamos buscando parceiros e, se atingirmos o valor estipulado, vamos fortes ano que vem no adulto também para representar a cidade e fazer de Brusque novamente uma referência”, completa Dani.

Parcerias e apoio da FME
Hoje, o projeto do Barateiro Futsal tem boa parte do elenco que está no grupo oriundo da cidade de Brusque, com alguns reforços pontuais. A iniciativa tem apoio da Prefeitura de Brusque, por meio da Fundação Municipal de Esportes, que auxilia a equipe na contratação de profissionais através do Bolsa-Técnico.. “A gente vem formando atletas e fazendo um trabalho que já vem dando resultados. Estamos no caminho certo”, diz Dani.

Os valores via bolsa ajudam o clube a manter, além da base, núcleos de escolinhas espalhados pela cidade. “Hoje mantemos três polos de escolinha, mas o objetivo é expandir. Queremos também criar polos de futsal masculino, porque há uma procura grande. Por isso, estamos atrás de parceiros, para atingir a toda a comunidade”, observa. “É muito importante esse apoio para nós, pois sem ele não teríamos como pagar os professores e tocar esse projeto. Temos patrocinadores pontuais, mas há muitas despesas. Esses valores auxiliam na manutenção do time, fora o apoio de quadra e transporte que é muito importante”, complementa.

Os polos de escolinhas estão situados em três localidades, um no bairro Tomaz Coelho, na Escola Isaura Gevaerd, onde cerca de 40 meninas são atendidas, outro no Santa Rita, na Osvaldo Reis, e um terceiro na Sociedade Bandeirante, que é aberto totalmente ao público, atendendo crianças de 7 aos 12 anos. Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas no telefone da Fundação Municipal de Esportes: 3351-3384 ou no 9 9988-2473.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões