Contribuintes têm até final de setembro para renegociar dívidas

Ainda dá tempo de colocar as contas em dia. A Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria da Fazenda, prorrogou o prazo do Programa de Recuperação Fiscal (Refis) até 30 de setembro.  

Até esta data, empresas e pessoas físicas podem quitar débitos anteriores a 2019 com abatimento de até 100% de multa e juros. A primeira parcela dos valores negociados terá vencimento de cinco dias úteis e as demais 30 dias. Os débitos podem ser parcelados em até 36 vezes, obedecendo-se a parcela mínima de R$ 50 para pessoa física e R$ 200 para a jurídica. Empresas MEI/ME/EPP têm tratamento favorecido, com  descontos maiores. 

“O Refis terminaria em 31 de julho, mas como tivemos baixa adesão resolvemos ampliar o prazo. Além de contribuir com o recolhimento de dívidas que seriam de difícil recuperação, o programa também contribui para a redução das tradicionais cobranças judiciais, por isso nossa expectativa é que mais contribuintes busquem o Refis nesse período”, explica o diretor geral da Secretaria da Fazenda, Guilherme Ouriques.

De acordo com ele, podem ser negociados todos os tributos da municipalidade, inclusive aqueles cobrados por institutos, como o IBPLAM e fundações, como a Fundema.  

Arrecadação 

A expectativa do Governo Municipal no início do programa era arrecadar cerca de R$ 7 milhões, dos R$ 600 milhões acumulados pelos contribuintes em dívida ativa. 

“Até o momento foram arrecadados aproximadamente 2,5 milhões, valor bem abaixo da nossa expectativa. Esperamos que com a prorrogação, mais pessoas procurem a prefeitura para colocar suas pendências com a municipalidade em dia, com os descontos oferecidos”, ressalta Ouriques. 

Documentos 

Os interessados no Refis devem procurar a Secretaria da Fazenda e apresentar os documentos solicitados. Para pessoas físicas é necessário cópia do RG e CPF. Já pessoas jurídicas, devem apresentar cartão de CNPJ e contrato social. Se o representante não possuir poderes pelo contrato, deve apresentar procuração. 

Os contribuintes que não regularizarem sua situação podem sofrer ação de execução fiscal, conforme determina a Lei. As regras específicas do Refis podem ser consultadas na Lei Complementar Municipal nº 289/2019.

Para mais informações, entre em contato com a Secretaria da Fazenda pelo telefone 3251 1833.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Polícia Civil de Brusque participa da operação DPOL 10

A 17 DRP (Delegacia Regional de Polícia), por meio do setor de Jogos e Diversões, participou, na noite de quinta-feira (10), da operação estadual DPOL 10. Na região de Brusque foram fiscalizados 26 estabelecimentos, como bares, tabacarias e boates, a partir da 8h e se encerrando por volta da meia noite. Duas casas noturnas foram interditadas por ausência do alvará de funcionamento, evitando riscos aos usuários. A reabertura dos locais...
Continuar lendo...

TJ nega liberdade a homem que matou motorista após briga de trânsito

A 2a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), em matéria sob a relatoria do desembargador Sérgio Rizelo, decidiu terça-feira (3/9) negar o pedido de liberdade a homem que participou do assassinato de um motorista, após a briga de trânsito em estacionamento de um supermercado, em Itajaí. O crime de homicídio qualificado, pelo motivo torpe e impossibilidade de defesa, aconteceu após a colisão...
Continuar lendo...

Carro despenca com mãe e criança de oito meses

Por volta de 16h40 de hoje, quarta-feira (4), aconteceu um acidente de trânsito na Rua Prefeito Carlos Boos, no Bairro Aymoré, em Guabiruba. Um veículo Gol saiu da pista e despencou no barranco. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o carro tinha como motorista uma mulher d 27 anos de idade. Ela conseguiu sair e pediu ajuda a pessoas que estavam em uma empresa nas proximidades. Quando o socorro chegou, ela estava sentada em uma cadeira dentro da recepção da...
Continuar lendo...