Brusque FC tem retrospecto favorável decidindo título fora

Brusque e Manaus empataram por 2 a 2 na partida de ida da decisão da Série D. Jogando em casa, o Bruscão chegou a abrir 2 a 0 no marcador, porém, acabou cedendo o empate aos amazonenses. As equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo, 18, na Arena Amazônia. 

O Bruscão possui retrospecto positivo decidindo títulos fora de casa. Todas as Copas Santa Catarina do clube foram conquistadas fazendo o jogo da volta fora de seus domínios. Em 1992, o clube venceu o Inter de Lages na partida de ida por 2 a 1, empatou em 1 a 1 na Serra Catarinense e obteve seu primeiro título na história. Dezesseis anos depois, veio o bicampeonato, contra o Joinville. Vitória quadricolor por 2 a 0 no Augusto Bauer, e derrota por 2 a 0 na Arena. Na disputa de pênaltis, a estrela do goleiro Alessandro brilhou e o Brusque conquistou o título. Em 2010, novamente contra o Joinville, e novamente no norte do estado, veio o tri. Triunfo por 1 a 0 em casa, e empate por 1 a 1 fora. 

No ano passado, o título veio novamente jogando a segunda partida longe de Brusque. Empate sem gols na ida, e por 1 a 1 na volta, e como em 2008, o caneco veio na cobrança de penalidades. 

Ao longo da história, o Brusque decidiu um troféu jogando a segunda partida fora de casa sete vezes e saiu campeão em quatro oportunidades.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões