APROCORB participa do Simpósio de Direitos Humanos e Cidadania

A Associação dos Profissionais em Comunicação da Região de Brusque (APROCORB) encerrou na noite de quinta-feira, 8, sua participação no 2º Simpósio em Direitos Humanos e Cidadania. O evento, que começou na terça-feira, 6, foi organizado pelas comissões de Direitos Humanos e da Mulher da subseção Brusque da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em parceria com a Caixa de Assistência dos Advogados de Santa Catarina (CAASC), a Unifebe e a própria APROCORB.

Durante as noites de terça, quarta e quinta-feira, foram debatidos temas como Direito Humanos e Pessoas com Deficiência, Violência Contra a Mulher: Repercussão Criminal e Temas Recentes e Direito e Meio Ambiente. Participaram dos debates os advogados Leonardo Maestri, Cristiana Melo Martiniuk Guérios, Maraiza Mota, Taisa Maiara da Silva Tavares Soares, Rogério Ristow e Liliane Bernardes, além do arquiteto Caro Carminatti, o servidor público Uilson Ronaldo Ferreira, um dos fundadores do AMA Brusque, o superintendente da Fundema de Brusque, Cristiano Olinger, e o geólogo Juarês Aumond. A mediação dos debates ficou a cargo dos advogados Ana Lucia Martins Matoso e Edinei Ariel Putsch, e do radialista Clayton Coutinho. O evento teve, também, a participação dos advogados Elisson Michel Fischer e Luiz Elias Valle, bem como da jornalista Juliane Ferreira.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB Brusque, Ricardo Vianna Hoffmann, fez uma homenagem especial ao advogado Marcus Antonio Luiz da Silva, o Marcão, que faleceu recentemente. Ele comemorou o resultado do evento e o os temas discutidos ao longo dos três dias.

“O meio ambiente, a pessoa com deficiência, a violência contra a mulher, tudo isso é Direitos Humanos. Ficou evidente que Direitos Humanos é outra coisa e não o que muitas pessoas ainda colocam de forma preconceituosa”, pontuou ele.

A APROCORB esteve pelo segundo ano como parceira do evento. Para o presidente da entidade, Valdomiro da Motta, com isso a instituição cumpre seu papel de estar envolvida em debates e discussões que atingem não apenas seu grupo de representados, mas a sociedade como um todo.

“São temas que demonstram o papel das instituições e o quanto elas devem trazê-los para o debate. A APROCORB não pode ficar de fora disso. A Associação não poderia se furtar ao convite feito mais uma vez”, pontua ele.

O evento teve participação, ainda, de estudantes e foi transmitido via TV Cidade, bem como nos canais de mídias sociais das instituições participantes.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões