Samae: estiagem continua se agravando em Brusque

O diretor presidente do Samae de Brusque, Dejair Machado, repassou algumas informações durante a manhã desta sexta-feira em relação a falta de água em alguns pontos do município. Conforme Machado no bairro Dom Joaquim, área que é abastecida por Tomas Coelho tem enfrentado constantemente com a falta de água, e o motivo a própria natureza, a estiagem, a falta de chuva está deixando as nascentes com um nível bastante baixo. Dejair tem reforçado sobre a estiagem que vem ocorrendo no Estado e o baixo índice de chuvas em praticamente todas regiões.

Em relação a região do Ribeirão do Mafra, Machado, informou que está tentando encontrar uma medida paliativa que seria captar água de uma outra nascente próxima. Uma equipe técnica do Samae já esteve no local para avaliar a possibilidade, mas a informação que chegou é que a vazão do local onde seria retirado está água também está muito baixo. Dejair Machado enfatiza que o Samae está empenhando todo esforço na construção da nova ETA na Cristalina, que deverá ser a grande solução para estas regiões.

Em âmbito de Estado durante a semana a Epagri/Ciram através do pesquisador de hidrologia do órgão, Guilherme Miranda, alertou através de comunicado sobre a estiagem que vem ocorrendo e que poderá colocar em risco o abastecimento de água em Santa Catarina. As chuvas dos últimos meses ficaram bem abaixo da média. Situação que pode agravar já que não há previsão de chuvas significativas para os próximos dias. Na região metropolitana de Florianópolis, Palhoça, decretou ontem, quinta-feira (08) situação de emergência devido à estiagem, o prefeito Camilo Martins, que assinou o decreto.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões