Mudanças nos preços dos ingressos: “Nós precisamos sim, dessa renda extra”

Foi com essa frase que o presidente do Brusque, Danilo Rezini justificou a mudança nos preços dos ingressos para o jogo da final do Campeonato Brasileiro da série D no domingo (11) contra a equipe de Manaus no Estádio Augusto Bauer. A informação foi trazida na coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (07) no restaurante Serrano. Além do presidente participaram também do encontro o técnico Waguinho Dias e membros da diretoria.

A geral passará de R$20,00 para R$30,00, a arquibancada coberta de R$30,00 para R$50,00 e a cadeira de R$50,00 para R$80,00. O presidente explica que depois de seis anos os preços sofreram alterações. “A cada ano que passa estamos buscando dar um passo a frente, avançando nas competições e talvez hoje chegando ao ápice, mas isso tudo tem um custo, e nós trabalhamos com déficit mensal há muito tempo, temos que arcar com nossos fornecedores, viagens, hotel.  Começamos a competição da série D, tivemos bons jogos e mantivemos os valores e agora depois de uma reunião decidimos mudar. Viveremos um jogo inédito, é a final do brasileiro série D”, frisou ele.

Danilo salientou as dificuldades financeiras que o time enfrenta mensalmente. “Todos somos sabedores que o Brusque é limitado na sua estrutura física, administrativa e principalmente na sua estrutura financeira, nós temos uma receita aquém das nossas necessidades, e mesmo assim essa diretoria vem a 11 anos fazendo do limão uma limonada”, contou o presidente.

Conforme Danilo o momento não é de oportunismo. “Não queremos que isso saia distorcido, não estamos nos aproveitando, nós precisamos sim dessa renda extra, para que possamos seguir o trabalho e buscar trazer mais orgulho para Brusque com esse time de futebol que já vem fazendo história”.

O técnico Waguinho demonstrou apoio à decisão da direção. Conforme ele será um jogo histórico e as pessoas que lá estiverem viverão um momento especial. “Pelo que o time vem demonstrando o valor que estava sendo pago era mínimo, não considero com um aumento de ingresso, é a realidade do valor para uma final, é justo, é honesto”, afirmou ele.

O treinador também salientou e agradeceu ao torcedor pela constante colaboração com o clube. Ele explica que talvez a torcida não perceba, mas muito além de incentivar com gritos e vibrações, ela também colabora com a parte financeira do clube. “O torcedor ele vem apoiar, gritar, incentivar o time, mas ele também é importante na questão financeira, afinal ele cobra grande espetáculos, ele quer que a equipe tenha bons resultados e sabemos que isso vem de muitos fatores extra campo, a realidade é essa, tudo custa dinheiro, mas com o apoio de todos vamos lotar o Augusto Bauer e fazer um bom jogo”, concluiu.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Comandante fala sobre ação da PM durante jogo do Brusque

No jogo de domingo (26) entre Brusque e Joinville no Estádio Augusto Bauer, aconteceu um princípio de tumulto na torcida, em que a Polícia Militar, imediatamente utilizou do “Spray de Pimenta” para afastar torcedores. O comandante do 18º BPM de Brusque, tenente-coronel, Otávio Manoel Ferreira Filho, em entrevista a Rádio Cidade se manifestou sobre o ocorrido e disse que o objetivo da PM no estádio foi mais uma vez para oferecer...
Continuar lendo...

Pandemia: pontos turísticos pelo mundo que estão desertos

O mundo está de portas fechadas. É essa a sensação que sente um dos setores mais afetados pela pandemia do Covid-19 em todo o planeta: o setor de turismo. Locais que antes viviam completamente lotados de visitantes de todo o mundo, hoje se aproximam de espaços fantasmas pela solidão que impera. Responsável por empregar em torno de 50 milhões de pessoas de forma direta em vários países, o turismo amarga tempos...
Continuar lendo...

PRF prende dupla que assaltou turista argentino

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiu prender na manhã de quinta-feira (27) no posto de fiscalização em Biguaçu a dupla acusada de assaltar a um turista argentino que se encontrava em um estacionamento de um estabelecimento comercial em Biguaçu. Os dois homens, um de 25 e outro de 22 anos estavam com um Renault/Duster.  Na revista veicular os policiais encontraram $ 100 (pesos uruguaios), ₲ 43 mil (guaranis paraguaios), $ 6.640...
Continuar lendo...