Mudanças nos preços dos ingressos: “Nós precisamos sim, dessa renda extra”

Foi com essa frase que o presidente do Brusque, Danilo Rezini justificou a mudança nos preços dos ingressos para o jogo da final do Campeonato Brasileiro da série D no domingo (11) contra a equipe de Manaus no Estádio Augusto Bauer. A informação foi trazida na coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (07) no restaurante Serrano. Além do presidente participaram também do encontro o técnico Waguinho Dias e membros da diretoria.

A geral passará de R$20,00 para R$30,00, a arquibancada coberta de R$30,00 para R$50,00 e a cadeira de R$50,00 para R$80,00. O presidente explica que depois de seis anos os preços sofreram alterações. “A cada ano que passa estamos buscando dar um passo a frente, avançando nas competições e talvez hoje chegando ao ápice, mas isso tudo tem um custo, e nós trabalhamos com déficit mensal há muito tempo, temos que arcar com nossos fornecedores, viagens, hotel.  Começamos a competição da série D, tivemos bons jogos e mantivemos os valores e agora depois de uma reunião decidimos mudar. Viveremos um jogo inédito, é a final do brasileiro série D”, frisou ele.

Danilo salientou as dificuldades financeiras que o time enfrenta mensalmente. “Todos somos sabedores que o Brusque é limitado na sua estrutura física, administrativa e principalmente na sua estrutura financeira, nós temos uma receita aquém das nossas necessidades, e mesmo assim essa diretoria vem a 11 anos fazendo do limão uma limonada”, contou o presidente.

Conforme Danilo o momento não é de oportunismo. “Não queremos que isso saia distorcido, não estamos nos aproveitando, nós precisamos sim dessa renda extra, para que possamos seguir o trabalho e buscar trazer mais orgulho para Brusque com esse time de futebol que já vem fazendo história”.

O técnico Waguinho demonstrou apoio à decisão da direção. Conforme ele será um jogo histórico e as pessoas que lá estiverem viverão um momento especial. “Pelo que o time vem demonstrando o valor que estava sendo pago era mínimo, não considero com um aumento de ingresso, é a realidade do valor para uma final, é justo, é honesto”, afirmou ele.

O treinador também salientou e agradeceu ao torcedor pela constante colaboração com o clube. Ele explica que talvez a torcida não perceba, mas muito além de incentivar com gritos e vibrações, ela também colabora com a parte financeira do clube. “O torcedor ele vem apoiar, gritar, incentivar o time, mas ele também é importante na questão financeira, afinal ele cobra grande espetáculos, ele quer que a equipe tenha bons resultados e sabemos que isso vem de muitos fatores extra campo, a realidade é essa, tudo custa dinheiro, mas com o apoio de todos vamos lotar o Augusto Bauer e fazer um bom jogo”, concluiu.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

50ª Pronegócio atinge marca de um milhão de peças comercializadas

Quando a movimentação das araras sessou, no final da tarde desta sexta-feira, 23 de agosto, era sinal de que a 50ª Pronegócio Alto Verão 2020 chegava ao fim. A edição de ouro da rodada de negócios de confecção organizada pela Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr) com o apoio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae-SC) terminou,...
Continuar lendo...

Biomas brasileiros são tema de palestra no Tiro de Guerra e EJA

A Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) trabalha ativamente as questões relacionadas a educação ambiental, com diferentes públicos. Na manhã de quarta-feira (7) foi a vez do Tiro de Guerra ser beneficiado e aprender sobre o meio ambiente.  Os atiradores conferiram uma palestra sobre os biomas brasileiros, com o tema Fauna e Flora - Bioma Mata Atlântica. “Além desta palestra os atiradores ainda terão outro...
Continuar lendo...

Hall da Fundação Cultural lota para pré-estreia da Big Band Brusque

Após pouco mais de um mês de ensaios, a Big Band Brusque realizou, durante a noite desta segunda-feira (14), a sua primeira apresentação oficial para o público brusquense. Embalada pelo ritmo do jazz, blues e bossa nova, o grupo, idealizado pela Prefeitura de Brusque, se apresentou no hall da Fundação Cultural, diante de um ótimo público que praticamente lotou o espaço. “Eu achei muito importante a cidade voltar a ter...
Continuar lendo...