Casamento foi um dos maiores do estado em quantidade de casais

Muitos dos casais que realizaram as cerimônias civil e religiosa do casamento coletivo em Brusque no último sábado (3) já viviam juntos há vários anos. Havia casos deles que matinham união há mais de três décadas. Ao todo, 159 casais participaram do evento.

O secretário de Assistência Social e Habitação, Deivis da Silva, afirma que a maioria dos casamentos se deu no civil e outros 46 no religioso. O casamento coletivo iniciou pela manhã e encerrou ao final do dia.

“Teve situação em que os pais cobravam dos filhos que oficializassem as uniões. Um estava com a pessoa há um ano e meio, outro há três anos e outro com dez anos. A mãe e o pai cobravam, e eles aproveitaram para oficializar a união”, destaca Deivis.

O casamento coletivo de Brusque foi um dos maiores de Santa Catarina até hoje, afirma o secretário. Algo parecido foi realizado em Balneário Camboriú, com mais de cem casais.

Embora tenha sido realizado no sábado, os trabalhos da organização começaram ainda na sexta-feira (2). Havia estúdio para fotos, tapetes, cadeiras individualizadas. “Percebemos nas redes sociais e grupos a gratidão que ficou da parte deles”, prossegue Deivis.

Todo o processo foi feito pela Secretaria de Assistência Social, inclusive de busca de documentos necessários e exigidos pelo cartório. Cerca de 80% dos participantes eram de outros municípios.

“Isso tudo foi feito por parte da secretaria, de forma gratuita. Hoje, para você emitir uma certidão tem que pagar entre R$ 30 e R$ 50, dependendo do município. O casamento, no civil, para ser oficializado, está custando entre R$ 350 e R$ 400”, finaliza o secretário.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mulher é morta com tiro no rosto

Ontem, sábado (10) por volta das 07h30 uma mulher de 21 anos, Bruna Cardoso, foi vítima de feminicídio em Canelinha. O principal suspeito pelo crime é Lucas Bonfim de 22 anos. O corpo da mulher foi encontrado na residência do casal. Ela foi morta com um tiro no rosto. De acordo com familiares de Bruna Cardoso, as brigas e discussões entre o casal eram constantes. O suspeito chegou a telefonar para os familiares de Bruna informando que havia matado...
Continuar lendo...

Dia Nacional da Construção Social reuniu cerca de 2 mil pessoas

O operador de máquinas, Fabrício José Gomes, levou a esposa e as duas filhas para passar uma  tarde diferente. Todos foram conhecer as atividades do Dia nacional da Construção, evento que acontece simultaneamente em todo o Brasil e, em Santa Catarina, cinco cidade realizam o encontro entre empresários e trabalhadores da Construção e seus familiares. A família do Fabrício saiu satisfeita com o evento. “Eu trouxe...
Continuar lendo...

Alemães plantam árvores em escola de Guabiruba

Os alemães de Karlsdorf-Neuthard que permanecem em visita ao Brasil em função do programa Parcerias Municipais para o Clima cumpriram agenda até a noite de terça-feira (06) em Guabiruba. O prefeito Sven Weigt voltou para a Alemanha, mas o chefe do Gabinete Técnico de Construção Benjamin Ziefuss e o chefe de Finanças Roland Milani continuam por aqui até o dia 11 de agosto. Entre os compromissos de...
Continuar lendo...