Brusque se destaca no aquecido mercado das Startups

Startups são sinônimos de inovação e tecnologia, em um mercado que cresce diariamente. Nos últimos anos, essa tem sido a aposta de empreendedores dispostos a investir em negócios inovadores, de pequeno porte, com baixos custos e crescimento e lucro acelerados. Fatores que permitem maior liberdade no modelo de negócio e gestão.

Santa Catarina é o estado com maior densidade de startups no Brasil e a região de Brusque já compõe esse cenário, juntos as regiões de Florianópolis e Joinville. De acordo com pesquisa divulgada pela Associação Catarinense de Tecnologia - Acate aproximadamente 36% das startups catarinenses possuem menos de um ano, 74% das empresas seguem um modelo de operação enxuto, com até nove funcionários e 69% nunca recebeu investimentos.

Se por um lado, a cada dia surgem novas Startups, a taxa de mortalidade desse modelo de negócio também é muito grande.  A Universidade de Stanford afirma que no mundo apenas uma em cada 10 Startups sobrevive, sendo que uma em cada quatro empresas morre no primeiro ano de vida.

Outro levantamento realizado pela Fundação Dom Cabral afirma que pelo menos metade das empresas novatas não ultrapassa o período de quatro anos. A taxa de mortalidade chega a 75%, conforme outros levantamentos.

A informação é reafirmada por uma pesquisa feita pela CBinsights. Ela aponta as três causas principais que contribuem para esse cenário: falta de conhecimento da necessidade do mercado, falta de capital e má formação do time e dos sócios.

“É comum que os sócios-fundadores das Startups tenham competências similares. Assim, por conta dos custos, na maioria das vezes não há investimento em habilidades complementares. Com o foco apenas no produto/serviço os empreendedores acabam negligenciando áreas imprescindíveis ao sucesso do novo negócio”, avalia o advogado José Victor do Amaral Angelo, da Angelo Advogados.

De acordo com ele, que orienta os empreendedores em todas as fases do negócio, a área jurídica é um dos aspectos frequentemente negligenciados. “Nosso papel é orientar quais os instrumentos jurídicos que a ocasião demanda, como proteger adequadamente determinada ideia, apontar as repercussões tributárias da operação, os riscos trabalhistas, ou ainda, o trato legal com consumidores, entre outros diversos ramos do Direito que o advogado atua de forma preventiva”, explica.

Angelo ressalta que a assessoria jurídica adequada pode ser ainda mais relevante para os empreendedores, no processo de captação de recursos. “Uma Startup bem assessorada juridicamente inspira confiança em potenciais investidores, podendo inclusive ser um fator decisivo para o aporte financeiro em determinado negócio”, revela o advogado.

 Em Brusque

O município de Brusque prepara-se para receber o Centro de Inovação, que será palco para criação de novas Startups. A obra fica no bairro Limoeiro e deve ser inaugurada ainda este ano.

O espaço, com mais de três mil metros quadrados na cidade, faz parte de um programa do Governo do Estado para posicionar ainda mais Santa Catarina como referência em pesquisa, inovação, desenvolvimento e tecnologia.

Ao todo, serão construídos mais de 10 locais nos moldes de Brusque. “O Centro de Inovação terá espaço para abrigar todo o ecossistema de inovação do município, em especial toda a questão ligada a Smart City e aos segmentos têxtil, metalmecânico e calçadista”, detalha o presidente do Comitê de Implantação do Centro de Inovação, Günther Lother Pertschy. 

Outras iniciativas já são realidade, como a recente inauguração do Centro de Incubação, Tecnologia e Inovação (Citi), na Feira da Moda - Fip. A estrutura conta com 400 metros quadrados e já recebeu cerca de 20 Startups com projetos de incubação.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões