Polícia Militar contabiliza 39 ações contra o tráfico no ano

O trabalho desenvolvido pela Polícia Militar de Brusque já contabiliza 39 ações com êxito contra o tráfico de drogas em Brusque, apenas em 2019. Os números foram apresentados pelo comandante do 18º BPM, tenente-coronel Otávio Manoel Ferreira Filho, após a prisão de mais um traficante na noite de segunda-feira (29), culminando com a apreensão de mais de sete quilos de maconha, 11 comprimidos de ecstasy e duas balanças de precisão.

“Nunca se derrubou tanto tráfico de droga, nunca se prendeu tanto bandido ligado ao tráfico de drogas como está se derrubando esse ano”, comentou o comandante da PM. Ele disse que esse é o resultado do trabalho desenvolvido na cidade, seja ele através das investigações pela Polícia Civil, seja através do policiamento ostensivo da Polícia Militar, repercutindo de forma monstruosa na segurança pública de Brusque.

Para o tenente-coronel Otávio, a maioria dos crimes é resultado do tráfico de drogas, como o furto, o roubo, o homicídio, “a grande maioria, para não dizer 100% está ligado ao tráfico de droga e, combatendo esse grande vilão da segurança pública, nós estaremos, sem sombra de dúvidas, combatendo os demais crimes”, avaliou. 

O comandante da Polícia Militar deixou um aviso aos envolvidos com o tráfico de drogas em Brusque para que deixem a atividade e procurem um trabalho honesto, pois fatalmente irão parar na cadeia. Ele disse que os traficantes estão com os dias contados e mais dias, menos dias, vão parar na cadeia e lá ficarão, pois o tráfico gera pena pesada. 

O perfil dos envolvidos com o tráfico de drogas é de pessoas jovens, entre 15 e 30 anos de idade, traficantes que trabalham no meio da atividade, ou seja, fornecendo o entorpecente para atravessadores, como também os traficantes que fornecem direto para o consumidor. O comandante da PM fez uma constatação, afirmando que “hoje, quando eu visito as escolas, os educandários de Brusque, deparando com alguns alunos problemas, eu não tenho a menor dúvida, de que infelizmente, serão nossos clientes se os pais não mudarem o comportamento diante de seus filhos”, alertou.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões