Brusque vence de goleada e sobe para a Série C do Brasileiro

O Brusque FC entrou em campo na tarde deste domingo (21), no Estádio Augusto Bauer, para enfrentar o Juazeirense pelas quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série D. O time comandado pelo técnico Waguinho Dias sabia da necessidade de vencer o adversário por diferença de dois ou mais gols, para não depender de penalidades máximas. 

O jogo começou truncado e com o time do Juazeirense tentando gastar o tempo simulando contusões. O Brusque mostrava muita disposição para atacar nos primeiros quinze minutos, mas o adversário estava bem posicionado. As primeiras chances do Brusque surgiram de bola parada, em cobranças de faltas e escanteios, mas que não resultaram em gol.

Aos 25’, após jogada pela direita a bola foi lançada para a área e Thiago Alagoano bateu para o gol, mas tocou na mão do zagueiro e o árbitro marcou penalidade máxima. Júnior Pirambu cobrou no canto direito do goleiro e abriu o marcador para alegria do torcedor, Brusque 1 a 0.

O segundo gol do Brusque saiu em boa jogada pela esquerda, aos 27’, a bola foi cruzada na área e o atacante Júnior Pirambu desvio de cabeça, no canto esquerdo do goleiro Gleibson, anotando o segundo gol da partida, Brusque 2 a 0. O resultado que já era o resultado que garantia o acesso à série C do Brasileiro em 2020. 

Na primeira etapa o Juazeirense chegou apenas uma vez ao gol do Brusque, em chute de longa distância que Zé Carlos defendeu sem dificuldades. Final da primeira etapa, 2 a  para o Brusque. 

SEGUNDO TEMPO

O Juazeirense tirou Ewerton e colocou Nilo Guerreiro. Saiu Toni Galego e entrou Jeam. As mudanças não foram suficientes para mudar a supremacia do Brusque e aos 17’ cruzamento de Airton pela esquerda, Fio desviou de cabeça e fez o terceiro gol brusquense. Em seguida o técnico Waguinho sacou Fio e colocou Thiago Henrique. Já consagrado por dois gols, Júnior Pirambu saiu e entrou Zé Matheus. No final, o goleiro Zé Carlos sentiu e foi substituído por Dida. 

Aos 37’, jogada de Jefferson Renan pela direita e serviu Thiago Alagoano que sem marcação e marcou o 4º gol do Brusque, sacramentando a vitória e garantindo o acesso do time de Waguinho para a Série C do Brasileiro em 2020. Com o apito final do árbitro, a festa tomou conta dos jogadores, comissão técnica, diretoria e da torcida, que deu um show à parte, iluminando as arquibancadas com as luzes dos celulares.

O Brusque chega às semifinais do campeonato como líder geral da competição e vai enfrentar o Ituano, devendo jogar a primeira partida na casa do adversário e decidindo a vaga para a final diante de sua torcida. Na outra semifinal vão se enfrentar Manaus e Jacuipense. Com o acesso à Série C, o Brusque quebra um tabu de dez anos que um time catarinense não subia a terceira divisão do futebol brasileiro. 

O presidente Danilo Rezini agradeceu os jogadores e disse que eles escreveram o nome na história da cidade e fez um agradecimento especial ao técnico Waguinho que comandou o grupo. “Nós temos um time de qualidade, um grupo que merece ser campeão”, falou ao final o presidente do Bruscão.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     FICHA TÉCNICA

Brusque 4 x 0 Juazeirense

Brusque - Zé Carlos (Dida); Edilson, Ianson, Cleitão e Airton; Ruan, Thiago Alagoano e Romário; Jefferson Renan, Júnior Pirambu (Thiago Henrique) e Fio (Zé Matheus). Técnico: Waguinho Dias.                                                                                                                                                                                                                                         

Juazeirense - Gleibson; Rodrigo Ramos, Emílio, Emerson e Cesinha; Waguinho, Iran e Clebson; Ewerton (Nilo Guerreiro), Gustavo e Toni Galego (Jeam). Técnico: Cleverson Maurílio Silva. 

 Arbitragem - Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho.

Público pagante: 4.296

Renda: R$ 88.500,00

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Gaspar na rota da Operação Lavanderia

Uma operação em conjunto entre a de Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e da Diretoria Estadual de Investigação Criminal (Deic) está acontecendo nesta quarta-feira (22) em cinco cidades de Santa Catarina para o cumprimento de mandados de busca e apreensão. A Operação Lavanderia apura a lavagem de dinheiro feita por integrantes de uma organização criminosa que atua no Estado. Ainda sobre a...
Continuar lendo...

Saque em dinheiro do auxílio emergencial começa dia 27

Benefício de R$ 600 pagos a trabalhadores de baixa renda afetados pela pandemia de coronavírus, o auxílio emergencial começará a ser sacado em dinheiro no próximo dia 27. A Caixa Econômica Federal, responsável pelos pagamentos, anunciou o novo calendário na noite dessa segunda-feira (13). Os saques ocorrerão conforme o mês de nascimento do beneficiário. As retiradas ocorrerão no dia 27 para os nascidos...
Continuar lendo...

Taxista relata tensão ao ter faca no pescoço e receio de ser morto

Alvo de assaltantes na semana passada, o taxista Osvaldino Varela pede auxílio para tentar localizar o carro, levado pelos criminosos naquela ocasião. Ele foi rendido na quarta-feira (13) à noite, na região do bairro Volta Grande, por dois homens armados com revólver e faca, e abandonado no meio do caminho. Osvaldino conta que chegou em casa no final do dia e um amigo, também taxista, ligou pedindo para que ele fizesse uma corrida a um cliente, pois...
Continuar lendo...