ANTT publica novas regras para cálculo do frete mínimo

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou as novas regras para o cálculo do frete mínimo de transporte de cargas. Com as alterações publicadas ontem (18), a nova resolução sobre o tema prevê que o cálculo do frete mínimo passará a considerar 11 categorias na metodologia coeficientes dos pisos mínimos. A resolução também amplia os itens levados em consideração para o cálculo.

Segundo a norma, o cálculo do piso mínimo de frete levará em consideração o tipo de carga e serão aplicados dois coeficientes de custo: um envolvendo o custo de deslocamento (CCD) e, outro, de carga e descarga (CC), que levará em consideração o número de eixos carregados. A resolução determina ainda que será levada em consideração a distância percorrida pelo caminhoneiro.

A resolução da ANTT detalha a multa para quem contratar o serviço abaixo do piso mínimo. A pena a ser aplicada é de duas vezes a diferença entre o valor pago e o piso devido, sendo que é de no mínimo R$ 500 e de, no máximo, R$ 10.500. Já quem ofertar contratação do transporte de rodoviário de carga abaixo do piso mínimo pode ser multado em R$ 4.975.

No final de maio, a agência reguladora anunciou o fim da aplicação de multa aos caminhoneiros que descumprissem a tabela ou denunciassem a empresa que não paga valor mínimo do frete. De acordo com a ANTT, a aplicação de penalidades aos caminhoneiros acabava desmotivando os motoristas a denunciar as empresas que estavam pagando o preço abaixo da tabela. Com a alteração, nenhum caminhoneiro autônomo pode ser multado caso esteja transportando cargas no valor abaixo do piso mínimo de frete estabelecido.

De acordo com a ANTT, a medida estabelecida na resolução desmotivava os motoristas a denunciar as empresas que estavam pagando o preço abaixo da tabela, pois eles recebiam o mesmo tipo de punição aplicada às empresas embarcadoras. Com a alteração, nenhum caminhoneiro autônomo pode ser multado caso esteja transportando cargas no valor abaixo do piso mínimo de frete estabelecido.

A ANTT informou ainda que vai aprofundar, até janeiro do próximo ano, os estudos para tratamento de cargas especiais - vidros, animais vivos, guincho para reboque de veículos, produtos aquecidos, logística reversa de resíduos sólidos, granéis em silo, entre outros -; tratamento específico de cargas fracionadas e para transporte dedicado voltando vazio. A agência vai analisar ainda o destaque do diesel na fórmula do piso mínimo.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Dois homens são presos no Guarani com maconha

Na noite desta quinta-feira (15), por volta das 23h20,  a guarnição do PPT (Pelotão de Patrulhamento Tático)  em rondas no bairro Guarani se deparou com um veículo que havia a informação que fazia tráfico. Ao ser abordado,  no interior do veículo havia dois homens e após revista veicular foram encontradas 265 g de maconha em pequenos tabletes. Os dois homens foram conduzidos a delegacia de Polícia...
Continuar lendo...

Prefeitura e Lions realizam concurso cultural com estudantes

A Prefeitura de Brusque e o Lions Clube de Brusque – Berço da Fiação realizaram na noite de quarta-feira a divulgação dos vencedores e entrega da premiação do concurso  “Cartaz da Paz”. A iniciativa, que envolveu crianças de 11 a 13 anos, é coordenada pelo Lions e contemplou estudantes de cinco escolas da rede pública de ensino. Eles desenvolveram desenhos que foram selecionados primeiramente na...
Continuar lendo...

Justiça sugere que réu pare de beber álcool para poder pagar fiança de R$ 200,00

Um pedreiro do Vale do Itajaí terá que pagar fiança de R$ 200,00 até a próxima quinta-feira, dia 10 de outubro, caso pretenda continuar a responder em liberdade processo por embriagues ao volante. A decisão foi confirmada em sede de habeas corpus, sob a relatoria do desembargador Zanini Fornerolli. Ele entendeu que a magistrada de origem não incorreu em qualquer ato ilegal a ser remediado ao fixar o montante, inobstante a Defensoria...
Continuar lendo...