Assaltante que teve dois comparsas mortos em confronto com a PM pega 14 anos de prisão

A Justiça criminal de Brusque, através de seu titular, o juiz  Edemar Leopoldo Schlösser, condenou nesta sexta-feira (19) Rafael Selzler. Ele foi denunciado pelo Ministério Público pela participação em crime de roubo, ocorrido em 2018.  Rafael Rafael foi sentenciado e condenado pela prática do crime previsto no artigo 157 (roubo) a 14 anos, três meses e três dias de prisão, inicialmente em regime fechado.

Rafael  foi julgado em razão da prática do crime de roubo, juntamente com Thiago Melo Rosa e Ives Iwerson Silva de Lima (falecidos), em

face à residência das vítimas J.S e J.S.B., na manhã de 24 de agosto de 2018. Ele estava sendo procurado pelo crime, junto com seus comparsas, quando policiais militares descobriram onde estavam, em uma residência, no bairro Dom Joaquim. 

Os comparsas reagiram à abordagem da PM, no dia 16 de setembro de 2018, e foram mortos. Rafael conseguiu fugir e só foi preso dias depois. Rafael foi encaminhado para a UPA de Brusque e cumprirá a pena na unidade prisional de Brusque, neste primeiro momento.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões