Vídeo: Padre Marcelo cai do palco após ser empurrado por mulher durante missa

O padre Marcelo Rossi foi empurrado do palco por mulher durante celebração de missa na tarde deste domingo (14), em Cachoeira Paulista, na região metropolitana do Vale do Paraíba, interior do estado de São Paulo.

A mulher conseguiu furar a segurança, invadiu o palco e empurrou o padre de cima da estrutura. Apesar da queda, padre Marcelo não ficou ferido e a mulher foi contida por policiais.

Apesar da queda, padre Marcelo Rossi voltou ao palco minutos depois e disse que não registraria boletim de ocorrência contra a mulher. Pelo menos 50 mil pessoas participavam da celebração. Não foi informado o nome da mulher e o motivo para cometer a atrocidade.

O empurrão foi registrado em vídeo:

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mulher é morta com tiro no rosto

Ontem, sábado (10) por volta das 07h30 uma mulher de 21 anos, Bruna Cardoso, foi vítima de feminicídio em Canelinha. O principal suspeito pelo crime é Lucas Bonfim de 22 anos. O corpo da mulher foi encontrado na residência do casal. Ela foi morta com um tiro no rosto. De acordo com familiares de Bruna Cardoso, as brigas e discussões entre o casal eram constantes. O suspeito chegou a telefonar para os familiares de Bruna informando que havia matado...
Continuar lendo...

Bebê é derrubado do colo de irmão e sofre lesão cerebral

Na segunda-feira (22), por volta das 15h38, o Corpo de Bombeiros se deslocou até a rua Ponta Russa, bairro do mesmo nome, para atender uma ocorrência de queda de um bebê, de seis meses de idade. Chegando ao local, a guarnição foi informada que a criança tinha caído dos braços de seu irmão e sofreu um choque no crânio e apresentava inchaço na parte posterior do crânio e lateral esquerda, com suspeita de...
Continuar lendo...

Professora que agrediu e xingou alunos com termos homofóbicos tem pena mantida pelo TJ

A 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), em matéria sob a relatoria do desembargador Paulo Henrique Moritz Martins da Silva, decidiu manter a condenação de professora de pequeno município integrante da comarca de Anchieta, na região Oeste, pela prática de ato de improbidade administrativa. Por submeter alunos a agressões físicas e situações de vexame e...
Continuar lendo...