INSS inicia revisão em benefícios com suspeita de irregularidade

O INSS vai analisar os processos administrativos que apresentem indícios de irregularidade e potencial risco de realização de gastos indevidos na concessão de benefícios administrados pelo INSS, bem como dos requerimentos de benefícios com prazo legal expirado.

Poderão ser analisados, pelos próximos 18 meses, até três milhões de benefícios com indícios de irregularidades apontadas pelos órgãos de controle como o Tribunal de Contas da União (TCU), Controladoria-Geral da União (CGU) e Força Tarefa Previdenciária.

A resolução permite ainda a análise de requerimentos de benefícios feito ao INSS pendentes a mais de 45 dias. Para isso, será pago aos cerca de 11 mil servidores que se inscreveram no programa de revisão, R$ 57,50 por processo concluído. Com o programa, o INSS espera zerar o estoque de benefícios pendentes de análise, além de intensificar o combate às fraudes.

Vale destacar que, ao longo do processo, um dos objetivos principais do INSS é identificar as fragilidades e vulnerabilidades do Instituto, aperfeiçoar os controles internos e mitigar as deficiências que possam vir a gerar fraudes ou pagamentos indevidos. Desta forma, o processo de revisão, além de contribuir para a economia nos cofres públicos, fornecerá subsídios para processo interno de aprendizagem e para fortalecer a prevenção de irregularidades.

Também neste momento, o INSS informa que dará total prioridade para que os pedidos pendentes de análise, em todo o país, sejam rapidamente atendidos, para pronta resposta ao cidadão.

Vale ressaltar que, mesmo antes de iniciar efetivamente o pagamento do bônus e o processo de revisão, o INSS, ao longo do 1º semestre, realizou 806 mil notificações a segurados que recebem benefícios com algum tipo de inconsistência. Nas próximas semanas, novas notificações serão feitas aos segurados prioritariamente pela rede bancária e, caso necessário, através de carta no endereço já cadastrado no INSS pelo próprio segurado.

O INSS priorizará os casos em que há maior potencial de lesão aos cofres da previdência, ou seja, aqueles com maiores indícios de irregularidades.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mulher é assaltada no Centro e reage à ação dos bandidos

Por volta das 20h46min de ontem, segunda-feira (29), a Polícia Militar foi acionada para atender um roubo, ocorrido no bairro Centro, em Brusque. No local, a guarnição conversou com a vítima, que informou que estava retornando do trabalho a pé, quando foi assaltada. Segundo ela, um veículo preto parou ao seu lado e dele saiu uma mulher, que pediu sua bolsa. A vítima reagiu, não entregando e as duas entraram em luta corporal....
Continuar lendo...

Acusado por tráfico é preso no bairro Limeira

Na tarde desta terça-feira (15), a Polícia Militar prendeu um homem por tráfico de drogas na rua Luíza Eugênia Floriani Kistenmacher, no bairro Limeira Baixa, em Brusque. Por volta das 16h50, a Polícia Militar recebeu denúncia de que havia tráfico de drogas no local. Em posse da informação, uma guarnição deslocou até o endereço para verificar o fato. Durante a ação, um suspeito foi detido. Na residência foram localizados um simulacro de espingarda calibre 12, 56 gramas de...
Continuar lendo...

FME convoca assembleia eletiva

A secretaria da Fundação Municipal de Esportes, convoca as Ligas e Associações Esportivas, os Clubes Sociais e Esportivos e Associações Paradesportivas e Entidade Representativa de Pessoas com Deficiência com atuação no município para uma assembleia eletiva, com o intuito de escolher os representantes de cada segmento, para atuar no Conselho. A assembleia ocorre no dia 24 de maio, às 14 horas, no auditório da...
Continuar lendo...