IBPLAN divulga balanço do primeiro semestre de 2019

O Instituto Brusquense de Planejamento (IBPLAN) divulga o balanço do trabalho realizado no primeiro semestre deste ano. No total, foram atendidas 886 ocorrências. Sendo 142 denúncias recebidas por telefone ou pessoalmente na sede da Prefeitura, 91 denúncias por meio da ouvidoria, 38 emissões de autorização para demolição, 13 emissões de Certidão, 145 pedidos de numeração de imóvel e 129 emissões de Habite-se.

Referente a obstrução do passeio público com placas de propaganda, no total 256 cidadãos foram notificados. Já no que se refere a limpeza de terrenos baldios, foram realizadas 72 notificações aos respectivos proprietários. 

“Todas as denúncias que chegaram pela ouvidoria já foram resolvidas. Já das demandas que recebemos via telefone, temos um índice de resolução na casa dos 70%. Trabalhamos para aumentar esse número”, explica o coordenador de fiscalização do IBPLAN, Waldir da Silva Neto.

Fonte Assessoria

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Secretário de Assistência Social apresenta projetos para novos planos habitacionais

O secretário de Assistência Social e Habitação de Brusque, Deivis Junior, está em Brasília, onde, durante toda a manhã, se reuniu com ministros para apresentar projetos da Prefeitura de Brusque com o objetivo de ofertar novos planos habitacionais por parte do município. Na capital federal, Deivis conversou com Marco Porto, secretário Especial do Ministério do Desenvolvimento Regional. Posteriormente, o encontro foi direto...
Continuar lendo...

PM registra três ocorrências de furtos nas últimas horas

Por volta das 12h09min, o Centro de Operações da Polícia Militar foi informado sobre um furto a estabelecimento comercial ocorrido na rua SC-043, bairro Souza Cruz, Brusque. Uma guarnição foi até o local e conversou com a vítima, onde relatou que ao chegar pra trabalhar encontrou sua oficina arrombada, sendo subtraído do local diversas ferramentas e fios de cobre, totalizando o valor de aproximadamente R$ 10 mil. A...
Continuar lendo...

Médica é condenada por morte de paciente após cirurgia

Uma médica ginecologista/obstetra acusada de cometer erro em cirurgia que levou paciente à morte foi condenada pelo juízo da comarca de Orleans por homicídio culposo. O fato aconteceu naquela cidade em setembro de 2014, quando a vítima havia sido internada para a retirada de um cisto no ovário. Porém, durante o procedimento, a profissional seccionou parte do intestino grosso e intestino delgado, pois os confundiu com o cisto a ser...
Continuar lendo...