Fórum em Brusque abordou sobre judicialização da Saúde

No fim de semana que passou no Hotel Monthez de Brusque foi sediado o Fórum das Entidades Médicas, onde entre os principais temas abordados pelos profissionais que participaram do encontro foi a judicialização da saúde no Estado.  A organização do evento foi de responsabilidade do Coordenado pelo Conselho Regional de Medicina, e contou com a participação de representantes de entidades médicas, bem como juízes, e promotores de Justiça.

O assunto judicialização tem dividido opiniões sobre o assunto. Na questão gestão os secretários tem demonstrado grande preocupação especialmente com os valores que estão sendo tirados do orçamento do Estado para o pagamento de despesas determinadas pela Justiça. De acordo com André Motta, secretário adjunto da Saúde, é preciso ser examinado com mais cuidado os processos e a distribuição dos recursos.

No Fórum foram repassados dados de que só neste ano de 2019, o governo de SC já pagou R$11 milhões para apenas oito pessoas que obtiveram na Justiça o direito de receber o medicamento Spinraza.

 

 

 

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões