Morre o advogado Marcão Silva

Faleceu esta madrugada, por volta de 03h, em Curitiba, no Paraná, o advogado brusquense Marcus Antonio Luiz da Silva, o Marcão. Ele fazia tratamento contra um câncer na capital paranaense e estava hospitalizado há algumas semanas. Ele tinha 58 anos de idade.

Marcão nasceu em Brusque no dia 23 de novembro de 1960, filho do falecido advogado Antônio Luiz da Silva e da professora Irian Dias da Silva. Era casado com Helena Rubia Inocente da Silva, com quem tem um filho de 14 anos de idade, Antônio Luiz da Silva.

Em Brusque, Marcão presidiu a Subseção da OAB dos anos de 1991 a 1995. Foi, também, vereador de de 1989 a 1992, e 1993 a 1996.

Em âmbito estadual, ele foi presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Santa Catarina na gestão 2016-2018, vice-presidente da OAB-SC na gestão 2013-2015. Por duas vezes esteve como Conselheiro Estadual e outras duas vezes Conselheiro Federal da OAB, quando integrou a Segunda Câmara do Conselho Federal e participou da Comissão Nacional de Combate à Corrupção. Também foi professor de Direito Processual Civil na Unifebe.

Pós-graduado em Direito do Estado e Direito Processual Civil e especialista em Direito Eleitoral, Marcão era  graduado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina. Ingressou na OAB em 1984 e, desde então, advogou, ininterruptamente, com exclusividade, dando continuidade ao escritório do seu falecido pai, o advogado Antônio Luiz da Silva existente desde 1957.

Marcão também teve forte atuação no campo da política partidária. Membro do MDB, ao qual presidiu em Brusque, foi candidato a deputado estadual e federal, bem como a prefeito de Brusque na década de 1990.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões