Bruscão de Waguinho Dias tem retrospecto positivo contra cariocas

Mesmo antes de entrar em campo contra o Hercílio Luz, no domingo, 23, o Brusque, comandado pelo técnico Waguinho Dias, já conhecia seu adversário caso avançasse para a próxima fase. Pela manhã, o Boavista superou o Novorizontino nos pênaltis e garantiu a vaga nas oitavas de final. As duas equipes voltam a se encontrar após se enfrentarem na fase de grupos do torneio. No jogo de estreia, o Brusque venceu os cariocas por 2 a 1, com gols de Fio e Thiago Alagoano. Já no fechamento da primeira fase, o Bruscão viajou até o Rio de Janeiro, e classificado com antecedência, perdeu para os cariocas, também por 2 a 1. 

O retrospecto contra clubes do Rio de Janeiro é favorável para o Quadricolor. Em quatro jogos, foram duas vitórias, um empate e uma derrota. Além do clube de Saquarema, o Brusque mediu forças com o Madureira. Na edição de 2016, o Bruscão estreou empatando em 0 a 0 no Rio, e na última rodada, garantiu a vaga para a segunda fase com um sonoro 4 a 0. Na ocasião, Tony balançou a rede três vezes e Rafael Xavier sacramentou a goleada. Seis jogadores do atual elenco participaram daquela partida: Zé Carlos, Ianson, Neguete, Cleyton e Ruan pelo Brusque e o volante Gama, na ocasião, adversário pelo Madureira. 

Os duelos contra o Boavista já tem data, horário e locais conhecidos. A partida de ida acontece no próximo domingo, 30, às 15h30, em Saquarema. Já a volta será às 20h de segunda-feira, 8, no Estádio Augusto Bauer.

 

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões