TJ assegura transporte escolar para cinco jovens de Brusque

A caminhada para a escola em estrada de chão, íngreme e sem iluminação pública está com os dias contados no município de Brusque. Isso porque a 1a Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), em matéria sob a relatoria do desembargador Pedro Manoel Abreu, assegurou o transporte escolar para cinco jovens que estudam na rede pública de ensino. Com isso, o município tem 20 dias para providenciar o transporte escolar gratuito, sob pena de multa diária de R$ 300 e, em caso de inadimplência, o sequestro das verbas públicas no valor da penalidade vencida. O julgamento foi realizado no dia 18 de junho.

Em ação civil pública, o Ministério Público requereu o transporte dos estudantes, porque a educação é um direito fundamental de crianças e de adolescentes. Para tanto, citou o artigo 227, da Constituição Federal e o artigo 4º da Lei 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA). Depois de conceder a liminar, o magistrado de 1o grau revogou a decisão inicial por entender que a pretensão violaria o princípio da separação entre os poderes.  

Em Brusque há uma normativa, de fevereiro de 2010, que dispõe sobre o programa de transporte escolar e estabelece a gratuidade aos alunos regularmente matriculados na educação básica da rede municipal que, de acordo com o zoneamento, têm entre sua residência e a escola mais próxima distância igual ou superior a três quilômetros. Os cinco jovens citados residem em distância inferior ao especificado.

O Ministério Público apelou com a alegação que as legislações federais não preveem uma distância mínima para o efetivo cumprimento do direito. "(...) o texto constitucional é repetido e ampliado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Estadual, como se verá a seguir. Quando muito, haveria inconstitucionalidade reflexa. Diga-se ainda que, por contrariar esse ato normativo de índole administrativa, Leis Nacionais e Estaduais, ele simplesmente não pode produzir eficácia contra o ordenamento que lhe é superior. Por isso, desde logo, afasta-se a arguição, para reconhecer, entretanto, clara ilegalidade do ato normativo", disse em seu voto o relator.

A sessão foi presidida pelo desembargador Luiz Fernando Boller e dela também participou o desembargador Jorge Luiz de Borba

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mais um paciente recuperado de Coronavírus em Brusque

O município de Brusque chegou a 49 casos de Coronavírus nesta segunda-feira (27). O número tem um registro a mais do que o balanço anterior, divulgado no domingo (26), que registrava 48 casos. A boa notícia é que os dados de casis recuperados somam, agora, 13. Segundo dados da Secretaria da Saúde, há ainda nove casos em investigação. Outras 303 pessoas estão sendo monitoradas em casa. Para pessoas que apresentam...
Continuar lendo...

Brusque FC deverá anunciar novo reforço

O Brusque FC deverá anunciar nos próximos dias mais um reforço. O meia, Rodolfo Potiguar, 31 anos que atualmente estava no elenco do Oeirense e deverá vir para o futebol catarinense. A informação foi anunciada pelo clube piauiense e divulgada no site do Globo Esporte. A oferta seria de um contrato de um ano. Ele reforçará o Bruscão na Copa Santa Catarina que é seletiva para a Copa do Brasil. Rodolfo,...
Continuar lendo...

Colisão entre carros deixa mulher ferida gravemente no Poço Fundo

Um grave acidente entre dois carros deixou duas pessoas feridas e que foram encaminhadas ao pronto-socorro do hospital de Azambuja na noite deste domingo (24). A colisão foi entre um Corsa, com placas de São João Batista, e um Ford Focus, de Brusque. Os dois carros se chocaram por volta de 18h50 na Rua João Tormena, que liga os bairros Poço Fundo e Ponta Russa. Conforme informações do Corpo de Bombeiros, que deslocou várias equipes...
Continuar lendo...