Prefeito de Florianópolis foi liberado, depois de cumprir 12 horas de prisão provisória

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, prestou depoimento na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Florianópolis e foi liberado, ele que foi conduzido em prisão provisória que durou cerca de 12 horas.

Em entrevista coletiva no escritório do advogado, logo depois de deixar a sede da PF, o prefeito se considera injustiçado. Disse que não tem denúncia e nem condenação contra ele.

Mesmo solto, Gean não pode assumir a Prefeitura, pois na sentença que o fez prestar depoimento, o juiz suspendeu seu mandato por 30 dias.

Pouco antes de falar com os jornalistas, postou um vídeo em suas redes sociais, voltando a garantir sua inocência e a injustiça que teria acontecido contra ele. “Levantaram situações que não existem” disse o prefeito. 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões