Vereadores voltam a discutir sobre fornecimento de água

A falta de água no bairro São Pedro, no último fim de semana, acabou trazendo de volta o assunto relacionado ao abastecimento no município de Guabiruba, na sessão ordinária da Câmara de Vereadores, realizada na noite desta terça-feira (18). O problema foi resolvido, mas mesmo assim a questão da qualidade do abastecimento voltou a ser debatida.

O problema foi relatado pelos vereadores Harry Westarb Neto, o Godo, e o vereador Haliton Teodoro Kormann, porta-vozes da comunidade que, além da falta da água, relataram a sujeira com ela ela tem sido fornecida. “Se fosse para ficar como está, seria melhor ter mantido a Casan e cobrar na Justiça as melhorias”, questionou Kormann.

O vereador Godo levou a questão para a tribuna e mostrou-se preocupado também com a ação na justiça que paralisou o processo licitatório em andamento, atrasando a definição da empresa que vai explorar o fornecimento de água em definitivo, já que a Atlantis está atuando de forma provisória, sem poder realizar os investimentos necessários para acabar com os problemas de fornecimento de água à população guabirubense.

O vereador Cristiano Kormann, líder do Governo na Câmara, informou que o problema que causou a falta de água no bairro São Pedro foi causado pelo rompimento de cerca de dois metros na tubulação, mas que a empresa conseguiu localizar o problema e no domingo pela manhã o fornecimento foi restabelecido.

“Quanto à sequência do processo licitatório, esta ação jurídica faz com que o município de Guabiruba perca muito, pois vai demorar um pouco mais para conhecer a empresa vencedora da licitação, citou Cristiano. Ele disse que o problema no abastecimento de água em Guabiruba se arrasta há muitos anos, desde o tempo da Casan, e que a nova licitação deve corrigir os problemas.   

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões