Atletas brusquenses chegam às finais do Sul Brasileiro

A disputa de uma das principais provas de natação da temporada não resultou em medalhas para os atletas da Natação Brusque/FME/Caça e Tiro, mas nem por isso a equipe deixou de comemorar bons resultados no Sul-Brasileiro Infanto Juvenil da modalidade. A competição encerrou sábado (15), após três dias de competições no Complexo Aquático da Unisul, em Palhoça.

Com nove atletas representando a cidade, a equipe de Brusque chegou nas finais com Manuela Klann, Ieda Todt Camargo e Henrique Pavesi. Todos ficaram com o quarto lugar. Manuela competiu nos 200 metros medley, enquanto Ieda e Paevesi nos 100 borboleta.

“Esse Sul-Brasileiro se tornou um campeonato muito forte, com nível muito alto. Há nadadores recordistas brasileiros, então, em termos de resultados, foi muito bom”, comenta o técnico das atletas, José Armando Vasquez Soto, o Bay.

Ele lembra que a equipe está num processo de renovação e já consegue mostrar bons resultados. “A Ieda mesmo é uma atleta muito nova, do Infantil I, que já teve a oportunidade de disputar e foi muito bem. Colocar três atletas nas finais em um campeonato deste nível nos deixa muito felizes”, observa.

Os atletas brusquenses competiram em Palhoça federados pela Associação Brusquense de Amigos e Incentivadores da Natação (Abain) e com apoio da Fundação Municipal de Esportes de Brusque e do Clube de Caça e Tiro Araújo Brusque. A competição contou com 590 atletas de 40 clubes do Sul do país.

Os nadadores brusquenses se preparam agora para o Festival Fita Azul de Velocidade, competição que ocorre no próximo fim de semana no Clube Doze de Agosto, em Florianópolis. Em julho, o desafio será o Campeonato Catarinense. “São competições que são disputadas por categorias e que, com certeza, resultarão em medalhas para Brusque”, comenta Bay.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões