Comunidade brusquense prestigia a festa de São Luís Gonzaga

 

 

Neste final de semana, a Paróquia São Luís Gonzaga realizou sua tradicional festa em homenagem ao padroeiro. Na manhã de domingo, 16 de junho, foi celebrada a missa com a presença dos 163 festeiros, presidida pelo pároco, padre Diomar Romaniv, e concelebrada pelo diretor do Colégio e Faculdade São Luiz, padre Cláudio Marcio Piontkewicz.

“São Luís Gonzaga dizia que o Deus que o chama é amor. E isso tem muito sentido com a festa da Santíssima Trindade celebrada hoje. Recordamos que o Pai, Filho e Espírito Santo nos amam tanto e desse amor é que somos feitos e também chamados a viver. A festa do padroeiro é um pouco desta expressão de fraternidade, partilha, convivência e generosidade. Os festeiros e as equipes de trabalho expressam este amor que Deus tem por nós e por esta Paróquia tão histórica e importante para a cidade de Brusque”, afirma o pároco, padre Diomar Romaniv.

Esta é a primeira festa paroquial conduzida por padre Diomar na cidade, onde está vinculado à Paróquia São Luís Gonzaga desde o início de 2019. Além do aprendizado, ele fez questão de motivar e incentivar as equipes, restaurando o protagonismo do leigo em um evento festivo, mas também de evangelização. “O padre é o animador, é quem coordena a comunidade. Mas tudo não pode depender apenas do padre. Os leigos são capacitados e amam a Igreja. Por isso, quando estão à frente de qualquer projeto, fazem acontecer. Nas próximas semanas vamos avaliar o evento e pensar nas próximas edições, com ênfase na comemoração dos 150 anos de fundação da Paróquia São Luís Gonzaga, em 2023”, adianta o pároco.

De acordo com padre Diomar, é importante ressaltar o expressivo número de festeiros. Ao todo, 163 pessoas se integraram ao projeto e, desta forma, se optou pela não realização da venda de rifas. “Isso também representa a participação de mais pessoas na festa e a oportunidade de contribuir com o evento”, detalha.

Todo o valor angariado com a festa de São Luís Gonzaga será aplicado na manutenção ordinária e anual da paróquia. Também está prevista a conclusão dos pagamentos da reforma da cozinha do Salão Paroquial, além de iniciar o estudo para a revitalização do Salão de Festas e do Centro Catequético, que se adequarão às normas vigentes relacionadas à segurança e acessibilidade.

 

Santíssima Trindade

O domingo também foi marcado pela festa da Santíssima Trindade. “Esta profundidade do amor que, de certo modo, em algum tempo, transbordou em criação. Assim como a vida de um casal, que vive de um amor tão profundo, que transborda na vida de seus filhos, frutos visíveis do amor. E a criação então se apresenta como um sinal visível do amor de Deus por nós”, destacou padre Diomar, durante a homilia.

Segundo ele, celebrar o mistério da Santíssima Trindade é recordar o sinal que faz parte da vida de fé. Durante o Batizado, o primeiro gesto que o sacerdote faz é o sinal da cruz. E, muito possivelmente este será um gesto também presente no final da vida. “Significa que desde o Batismo, até o fim da passagem por este mundo, nós estaremos envolvidos pelo amor de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. A missa começa com o sinal da cruz e termina com a Bênção Final, também com o sinal da cruz, para lembrar que estamos envolvidos por este amor. E assim, na nossa vida diária, ao iniciar mais um dia, podemos fazer um pequeno gesto com o sinal da cruz e repeti-lo na hora de dormir, para recordar que, do início ao fim da jornada, Deus nos envolve, nos acolhe e nos protege como que em um grande abraço”, pontua o pároco, que durante a homilia fez referência às palavras do Papa Francisco sobre o amor de Deus.

Padre Diomar ainda relacionou a festa da Santíssima Trindade com a história do padroeiro São Luís Gonzaga, um jovem que se sentia amado por Deus e retribuiu este carinho através de sua vida espiritual, se dedicando ao cuidado de doentes e sofredores da época.

 

Festeiros

Pela sexta vez consecutiva, o leigo Osnildo Maçaneiro foi festeiro do evento. Ele representava a comunidade Nossa Senhora de Fátima, onde está envolvido há mais de quatro décadas com o serviço pastoral. Além disso, Osnildo também é um dos coordenadores da Liturgia na Paróquia. “É sempre uma alegria única e um momento de profunda emoção. Uma oportunidade de retribuir o amor que Deus tem por nós. Mais do que viver este evento, é importante permanecer fiel à caminhada, já que Deus está sempre ao nosso lado”, afirma.

Ana Maria Cesari viveu pela primeira vez a alegria de ser festeira deste evento tradicional. Segundo ela, não faltaram convites nos anos anteriores, mas o envolvimento de serviço na realização da festa dificultava esta participação. “Em 2019 pela primeira vez aceitamos o convite, mas com a missão de conciliar esta presença com o trabalho de doação na própria festa. Então, ao encerrar a missa, já viemos aqui para o Salão, continuar o trabalho na roda-da-fortuna”, descreve Ana.

O empresário Onildo Pereira também se mostrou feliz com a possibilidade de ser festeiro, um compromisso que já se renova por alguns anos. “Temos que dizer nosso sim, fazer a nossa parte. Por muito tempo estive envolvido com o Movimento do Cursilho e, para a minha família, a missa semanal é sagrada”, enfatiza. 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Grupo Mulheres Polivalentes auxilia vítimas de câncer de mama e colo de útero

A Secretaria de Saúde de Brusque, por meio da Clínica da Mulher, promove mensalmente o encontro do grupo “Mulheres Polivalentes”, criado para dar suporte e acolher pacientes em tratamento ou que já tenham superado o câncer de mama e de colo de útero. A iniciativa surgiu em 2015 e, reúne em média 15 participantes a cada reunião.  Durante os encontros são apresentadas palestras com equipes multidisciplinares nas...
Continuar lendo...

TJ confirma necessidade de disciplina para bar acusado de atormentar vizinhança

O Tribunal de Justiça confirmou tutela de urgência deferida pela comarca de Itajaí que reestabeleceu a necessidade de estabelecimento comercial respeitar estritamente os horários estipulados em seu alvará de funcionamento, além de exigir que alerte ostensivamente sua clientela para abster-se de praticar algazarras e promover som excessivo em suas dependências. O descumprimento das determinações implicará na...
Continuar lendo...

Assistência Social recebe roupas que serão doadas a usuários do CadÚnico

A Secretaria de Assistência Social e Habitação recebeu na quarta-feira (21) representantes do Banco do Empreendedor. Na ocasião, as colaboradoras Jenifer e Anelise foram recebidas pelo secretário de Assistência Social e Habitação, Deivis Junior, para entregar o resultado da Campanha do Agasalho. A iniciativa, que conta com apoio da Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Assistência Social, envolveu clientes e colaboradores...
Continuar lendo...