Epidemia de DSTs na era dos aplicativos de encontros

A Organização Mundial de Saúde (OMS) fez um alerta nesta quinta-feira (6) para a falta de progresso na redução da transmissão de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e recomendou o uso de camisinha para impedir essa disseminação.

Um relatório da OMS revelou que a cada dia são registrados no mundo mais de 1 milhão de casos de doenças sexualmente transmissíveis.

De acordo com dados mais recentes, em 2016 houve mais de 376 milhões de novas infecções de clamídia, gonorreia, sífilis e tricomoníase. Esse número é praticamente o mesmo de 2012, o que mostra uma estagnação na redução da transmissão de DSTs.

"Estamos vendo uma falta de progresso preocupante na luta para impedir a disseminação de infeções sexualmente transmissíveis em todo o mundo", disse o diretor-geral de Preparação e Resposta a Emergências da OMS, Peter Salama. Ele pediu que autoridades garantam que todos tenham acesso aos serviços necessários para prevenir e tratar essas doenças.

Infecções

De acordo com a OMS, em 2016 foram registrados 127 milhões de novos casos de clamídia, 87 milhões de gonorreia, 6,3 milhões de sífilis e 156 milhões de tricomoníase.

Essas infecções são as mais prevalentes entre pessoas com idades entre 15 e 49 anos.

"Em média, uma em cada 25 pessoas no mundo tem pelo menos uma destas quatro DSTs", ressaltou a organização.

Segundo a especialista em infecções sexualmente transmissíveis da OMS, Teodora Wi, há a preocupação de que o uso do preservativo possa estar diminuindo, já que as pessoas perderam o medo de contrair o HIV com o surgimento de tratamentos antivirais mais eficazes.

Wi afirmou que as pessoas estão mais complacentes com a proteção e ressaltou que isso é extremamente perigoso num momento em que relações sexuais se tornaram mais acessíveis com os aplicativos de encontro.

Raramente essas doenças apresentam sintomas no início e, por isso, muitos dos doentes não sabem que estão infectados e precisam de tratamento, permitindo desta maneira que essas DSTs continuem se espalhando. "Consideramos uma epidemia oculta, uma epidemia silenciosa e perigosa", ressaltou Melanie Taylor, uma das autoras do relatório da OMS.

Se não forem tratadas corretamente, as DSTs podem causar graves danos, incluindo doenças cardíacas e neurológicas, infertilidade, abortos e aumentam o risco de contrair o HIV.

Elas são transmitidas principalmente pelo contato sexual desprotegido, mas também podem passar da mãe para o bebê durante a gravidez ou no parto.

O uso da camisinha é o método mais eficaz para a proteção contra a transmissão de DSTs. A OMS também enfatizou a importância da educação sexual para a prevenção.

Dúvidas ou Sugestões

Polícia Civil cumpre mandado de prisão no bairro Azambuja

Na manhã desta terça-feira (6), policiais civis da Divisão de Investigação Criminal - DIC, com apoio do Setor de Investigação e Capturas  - SIC,  deram cumprimento a mandados de buscas domiciliares e prisão preventiva desfavor de D. M, 43 anos, pela prática rica do crime de roubo, conforme artigo 157 parágrafo segundo do CP. O cumprimento foi no bairro Azambuja, na cidade de Brusque. Após ser preso, ele...
Continuar lendo...

Fogo destruiu residência de madeira em Guabiruba

Por volta das 05h23min desta terça-feira (23) o Corpo de Bombeiros de Brusque foi acionado para atender uma ocorrência na rua Schwambach S/N, bairro São Pedro, comunidade do Holstein em Guabiruba. Tratou-se de um Incêndio em residência unifamiliar de propriedade de um homem com iniciais I. L. S., 21 anos.  Ao chegar no local, as chamas já haviam consumido a área total (aproximadamente 20m²) da casa. O ABTR-114 e o ABTR-24 extinguiram...
Continuar lendo...

Em Botuverá homem é acusado de posse ilegal de arma

No final de tarde desta quarta-feira (3), as policias Civil e Militar de Botuverá, com apoio da ROCAM de Brusque, realizaram o cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma residência, na localidade Chapadão Figueira, em Botuverá. Após as investigações preliminares pela Polícia Civil de Botuverá, sobre denúncia de disparos de arma de fogo, bem como de posse irregular de arma de fogo, foi representado junto ao...
Continuar lendo...