Governo apresenta proposta de mudança no Código de Trânsito Brasileiro

Menos de uma semana depois de ter vindo à Câmara dos Deputados para prestigiar uma sessão solene, o presidente da República Jair Bolsonaro voltou à Casa na manhã desta terça-feira (4). Em mais um gesto de aproximação com o Parlamento, o objetivo oficial da visita foi a entrega de um projeto de lei que propõe mudanças no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

“Nós começamos a acreditar mais na população. Quanto mais lei tem o país é sinal que ele não tá indo no caminho certo. Quanto menos leis, o povo está mais consciente dos seus deveres”, destacou Bolsonaro. Segundo o presidente, a proposta foi construída a partir de ideias do próprio presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e de propostas já existentes no Congresso.

O texto propõe mudanças como o fim da exigência de exame toxicológico para motoristas profissionais. Também retira dos departamentos de Trânsito (Detrans) a exigência de credenciar clínicas para emitirem o atestado de saúde para renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Segundo o próprio presidente da República, “qualquer médico” poderá conceder esse laudo.

No caso de motoristas até 65 anos, o projeto fala em dobrar a validade da habilitação dos atuais cinco para 10 anos. A partir dos 66 anos de idade, a validade do documento passa de dois anos e meio para cinco anos. As carteiras emitidas antes da entrada em vigor a Lei ficam automaticamente com prazo de validade prorrogado.

Pontos

Outro ponto da proposta altera, de 20 para 40, o limite máximo de pontos que um motorista pode acumular, em até 12 meses, sem perder a licença para dirigir. “O código já é antigo, tem mais de 20 anos, e necessita de atualização. Dois terços das penalidades do CTB são graves ou gravíssimas, então acaba sendo muito fácil o cidadão perder a carteira, atingir a pontuação. Isso tem se mostrado ineficaz porque os Detrans não conseguem operacionalizar os processos para suspensão do direito de dirigir”, defendeu o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, que acompanhou Bolsonaro na entrega da proposta aos parlamentares.

Freitas ressaltou que o objetivo do projeto de lei é tornar a vida do cidadão mais fácil. Nesse sentido, o ministro lembrou a ideia do governo de transformar a CNH e os documentos do veículo em digitais. “O cidadão vai poder andar com os documentos no celular e quem vai centralizar é o Denatran”, disse.

Motociclistas

O texto também prevê mudanças para os motociclistas e passageiros desses veículos. A ideia é que sejam punidos com multa os que forem pegos utilizando capacete de segurança sem viseira ou óculos de proteção, ou com viseira ou óculos de proteção em desacordo com a regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Apesar da ampliação da sanção para a categoria, a infração passa a ser enquadrada como média.

O texto entregue aos deputados hoje também abre possibilidade de o Contran liberar bicicletas elétricas sem maiores exigências. Além disso, deixa explícito que a cadeirinha para crianças nos veículos é obrigatória. Hoje essa exigência não está prevista em lei, apenas em norma do Contran, mas o Supremo Tribunal Federal declarou que o órgão não pode formular exigências dessa natureza.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Brusque FC treinou no Augusto Bauer para a decisão de domingo

Na tarde desta sexta-feira, 21, o elenco do Bruscão realizou treinamento tático no Estádio Augusto Bauer, palco do jogo de domingo, 23, contra o Hercílio Luz pela segunda fase do Campeonato Brasileiro Série D.  Na atividade, o técnico Waguinho Dias aproveitou para fazer os últimos ajustes e calibrar a pontaria dos atletas para a decisão no domingo.  Para a partida, a novidade fica por conta do atacante Leilson, que teve sua...
Continuar lendo...

Educação Infantil em tempo integral, Lei é questionada

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Brusque realizada ontem, terça-feira (17), os vereadores aprovaram o requerimento Nº61 de autoria do vereador Paulinho Sestrem (PATR), que questiona a educação infantil em tempo integral na rede municipal para crianças com idade de 5 anos. Alguns vereadores questionaram sobre esta possibilidade, como o vereador Marcos Deichmann (PATR), que disse pertencer aos pais a responsabilidade da...
Continuar lendo...

Resolvido problema de buracos na Rua Julio Orthmann

A Secretaria de Obras da Prefeitura de Brusque realizou esta semana, na última segunda-feira (3) para ser mais exato, o conserto dos buracos ao longo da Rua Júlio Orthmann, via do Bairro Santa Terezinha. A situação foi relatada pela Rádio Cidade no último final de semana, através de apelo dos moradores para que o problema fosse resolvido. Ainda esta semana, o setor de Obras consertou problemas de asfalto em outras vias. Uma delas foi a Alberto...
Continuar lendo...